mar 30 2015

IVA MARIA

Published by under Jornalismo

IVA-MARIA-5

IVA MARIA

A apresentadora e jornalista Iva Maria entrevista na manhã de hoje, segunda-feira (30), no Estação Notícias, da Rádio 104 – FM a gerente regional do SEBRAE, Ana Cláudia, sobre o evento “Mulher empreendedora”. O programa recebe também grupos de escoteiros de Cabo Frio, Macaé, Rio das Ostras e Arraial do Cabo. A jornalista Iva Maria é uma das jornalistas de maior credibilidade, na Região dos Lagos.

No responses yet

mar 29 2015

CABO FRIO APARECE NO CASO SWISSLEAKS/HSBC

Published by under Jornalismo

fernando-rodrigues

O Blog do jornalista Fernando Rodrigues (UOL), que investiga o Caso SwissLeaks/HSBC e as contas secretas na Suíça publica na manhã deste domingo, 29, os nomes de alguns suspeitos de terem contas secretas no país europeu. O delegado aposentado da polícia civil de São e empresário do ramo da segurança Paulo, Miguel Gonçalves Pacheco e Oliveira, aparece com 194 milhões de dólares em depósitos entre os anos de 2006 e 2007, mas tem muito mais gente e por incrível que possa parecer o nome de Cabo Frio aparece.

“Levantamento feito pelo UOL em parceria com o jornal “O Globo” encontrou Oliveira e outros quatro servidores públicos ou de concessionárias de serviços públicos na lista de 8.667 correntistas do HSBC da Suiça. São eles um inspetor da Polícia Civil do Rio de Janeiro, um engenheiro da Secretaria Municipal de Obras carioca, um conselheiro da concessionária do Aeroporto de Cabo Frio e um ex-diretor da antiga concessionária do metrô do Rio, a Opportrans.

Todos os citados que foram localizados negaram ter contas no banco suíço, assim como qualquer irregularidade financeira. Oliveira não respondeu aos pedidos de entrevista.”

“Na tabela abaixo, dados sobre as contas de Pacheco e Oliveira e de outros servidores e ex-concessionários de serviços públicos (clique na imagem para ampliar):”

funcpublicos

AEROPORTO DE CABO FRIO

Mauro Chagas Bonelli é outro servidor que surge na lista do HSBC. Desde 1986, ele consta como servidor da Secretaria de Obras da Prefeitura do Rio. Ao longo de sua carreira, participou da construção da Linha Amarela e do Parque de Madureira. Entre 1997 e 2000, foi coordenador geral de obras da cidade. (*) Em 2013, trabalhou na reurbanização do entorno do Maracanã, com vistas à Copa do Mundo e aos Jogos Olímpicos. Naquele ano, concluiu mestrado em Engenharia Urbana e Ambiental na PUC-Rio, com uma dissertação intitulada “Sustentabilidade em Obras Públicas: O Caso do Parque Madureira”.

Nos registros do HSBC, Bonelli aparece relacionado a uma conta numerada aberta no dia 14 de dezembro de 1999 e que, em 2006/2007, tinha US$ 105 mil.

(*) O período corresponde ao 2º Governo Alair Francisco Corrêa (1997- 2000).

No responses yet

mar 28 2015

DOMINGO DE RAMOS

Published by under Jornalismo

Domingo-de-Ramos

Amanhã, 29 de março, Domingo de Ramos, às 8 horas, acontece em frente ao Convento de Nossa Senhora dos Anjos a tradicional Benção dos Ramos (os fieis devem levar os ramos), seguida de procissão e missa, na Matriz Auxiliar de Nossa Senhora da Assunção. No Domingo de Ramos mais duas missas serão realizadas (18h e 20h), ambas com Benção dos Ramos.

No responses yet

mar 28 2015

EDITORIAL – A CRISE PATÉTICA

Published by under Jornalismo

EDITORIAL_PRETO

Propaganda patética

A patética propaganda do prefeito Alair Francisco (PP) na TV tenta, de maneira pouco ética, transferir para a sociedade a responsabilidade de uma crise, que é majoritariamente sua.

O sheik do petróleo

Alair Francisco foi de todos os prefeitos de Cabo Frio o mais agraciado pelo ‘boom’ da exploração petrolífera em nosso litoral. Ao longo dos seus três últimos mandatos comportou-se como verdadeiro sheik do petróleo, não apenas pelo seu esbanjamento e desperdício de recursos, mas também pelo autoritarismo, com que exerceu seus governos.

A “cidade partida”

Nunca se preocupou em dotar a cidade de infraestrutura na saúde, educação, saneamento, habitação, em especial nas periferias. Em poucos municípios do país a ferida de uma “cidade partida” cresceu de maneira tão evidente. Em momento algum lhe passou pela cabeça a criação de um fundo soberano para investir na transformação estrutural do município e garantir um futuro promissor para o todo da sociedade.

Culto à personalidade

A orla da Praia do Forte e o centro foram suas “meninas dos olhos”, onde investiu até naquilo que não precisava, com gastos supérfluos, despejando dinheiro a rodo em seguidas maquiagens para criar uma atmosfera de culto à personalidade.

A máquina eleitoral

O “prefeito sereníssimo” se preocupou essencialmente em abrigar a parentada e os amigos do peito em milhares de cargos comissionados e protegendo as grandes empresas e seus contratos com a prefeitura. Imaginou que assim poderia constituir, em termos definitivos, uma gigantesca máquina eleitoral, que o perpetuasse e a seu grupo no poder.

A história castiga!

Não deu. A história prega surpresas e castiga, principalmente para quem não a observa, não estuda e se preocupa apenas em cultuar a si próprio.

One response so far

mar 28 2015

REFRESCO – 1

Published by under Jornalismo

REFRESCO_PRETO

000

 

No responses yet

mar 28 2015

SUPER RÁPIDAS DO JORNAL DO TOTONHO

Published by under Jornalismo

VELOCIDADE

01. Ambulâncias do Hospital Geral do Jardim Esperança, ou melhor, Hospital Otime Cardoso dos Santos, estão servindo como depósito de lixo.

02. A propaganda do prefeito Alair Francisco Corrêa na televisão é patética. A comunicação social do governo é uma brincadeira de mau gosto.

03. O tão anunciado condomínio logístico junto ao Aeroporto de Cabo Frio não saiu até hoje do papel e do discurso. Consta que o Grupo Libra não anda nada satisfeito com o rumo que as coisas tomaram.

04. A secretaria municipal de 1/3 do ambiente, em Cabo Frio cancelou o evento “Meio ambiente: água e lixo eletrônico”, que estava programado para a Praça Porto Rocha, em 31 de março.

05. Na mesma data de 31 de março, terça-feira, às 18 horas, está marcada para a sede da OAB, de Cabo Frio, a assembleia geral do Movimento Ecoar.

SERGIO_NOGUEIRA_01

06. O arquiteto Sérgio Nogueira foi eleito esta semana coordenador adjunto da comissão de planejamento e finanças do CAU-RJ (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro), que está investindona interiorização da entidade.

07. Neste sábado, 28 de março, acontece a 8ª etapa do 2º Fórum Municipal de Educação. As reclamações tem sido grandes, em função da péssima estrutura pública.

SILAS_BENTO_5   &   FELIPE-LOPES-BUZIOS-2

08. O vice prefeito de Cabo Frio, Silas Bento (PSDB) e o vereador Felipe Lopes (PDT), de Búzios, são os dois políticos da Região dos Lagos mais ligados ao deputado Eduardo Cunha (PMDB): sem comentários.

09. Após as contestações feitas pela ASAERLA (Associação de Arquitetos e Engenheiros da Região dos Lagos) a entidade recebeu uma nota oficial da Prefeitura de Arraial do Cabo, cancelando a licitação para a implosão do antigo aqueduto.

MOACIR-CABRAL-1

10. A Folha dos Lagos está de cara nova e o veteraníssimo Moacir Cabral está tão feliz que diminuiu o preço do jornal nas bancas: caiu para 95 centavos.

 

One response so far

mar 28 2015

REFRESCO – 2

Published by under Jornalismo

REFRESCO_PRETO

0012

No responses yet

mar 28 2015

NÔMADE ARTES GRÁFICAS

Published by under Jornalismo

BANNER_NOMADE_2

No responses yet

mar 28 2015

REVISTA NOSSA TRIBO

Published by under Jornalismo

NOSSA-TRIBO

No responses yet

mar 28 2015

SANTO SAMBA – 28 DE MARÇO – 18 HORAS.

Published by under Jornalismo

SANTO-SAMBA-1

No responses yet

mar 28 2015

JORNAL NÁUTICO CONVÉS

Published by under Jornalismo

CONVES-1

One response so far

mar 28 2015

COMO DESMONTAR O ÓDIO SOCIAL – Leonardo Boff

Published by under Jornalismo

ARTIGOS_PRETO

leonardo_boff

Leonardo Boff (*)

COMO DESMONTAR O ÓDIO SOCIAL

As igrejas, os grupos de reflexão e ação e especialmente a mídia e todas as pessoas de boa-vontade podem colaborar no desmonte desta carga negativa.

Estamos constatando que vigora atualmente muito ódio e raiva na sociedade, seja pela situação geral de insatisfação que perpassa a humanidade, mergulhada numa profunda crise civilizacional, sem que ninguém nos possa dizer como seria a sua superação e para onde este voo cego nos poderia conduzir. O inconsciente coletivo detecta este mal-estar como já antes Freud o descrevera em seu famoso texto O mal estar na cultura (1929-1930) e que, de alguma forma, previa os sinais de uma nova guerra mundial.

O nosso mal-estar é singular e se deriva das várias vitórias do PT com suas políticas de inclusão social que beneficiaram 36 milhões de pessoas e elevaram 44 milhões à classe média. Os privilegiados históricos, a classe alta e também a classe média se assustaram com um pouco de igualdade conseguida pelos do andar de baixo.  O fato é que, por um lado vigora uma concentração espantosa de renda e, por outro, uma desigualdade social que se conta entre as maiores do mundo. Essa desigualdade, segundo Marcio Pochmann no segundo volume de seu Atlas da Exclusão social no Brasil (Cortez 2014) diminuiu significativamente nos últimos dez anos mas é ainda muito profunda, fator permanente de desestabilização social.

Como notou bem o economista e bom analista social, do partido do PSDB, Luiz Carlos Bresser Pereira, o que foi assumido em sua coluna dominical (8/3) por Verissimo, tal fato fez surgir um fenômeno nunca visto antes no Brasil, um ódio coletivo da classe alta, dos ricos a um partido e a um presidente; não é preocupação ou medo; é ódio; a luta de classes voltou com força; não por parte dos trabalhadores, mas por parte da burguesia insatisfeita.

Estimo correta esta interpretação que corrobora o que escrevi neste espaço com dois artigos “O que se esconde atrás do ódio ao PT”. É a emergência de milhões que eram os zeros econômicos e que começaram ganhar dignidade e espaços de participação social, ocupando os lugares antes exclusivos das classes beneficiadas. Isso provocou raiva e ódio aos pobres, aos nordestinos, aos negros e aos membros da nova classe média.

O problema agora é: como desmontar este ódio? Uma sociedade que deixa esse espírito se alastrar, destrói os laços mínimos de convivência sem os quais ela não se sustenta. Corre o risco de romper o ritmo democrático e instaurar a violência social. Depois das amargas experiências que tivemos de autoritarismo e da penosa conquista da democracia, devemos, por todos os modos, evitar as condições que tornem o caminho da violência, incontrolável ou até irreversível.

Em primeiro lugar, na linha sábia de Bresser Pereira, faz-se urgente um novo pacto social que vá além daquele criado pela constituição de 1988, pacto que reuna empresários, trabalhadores, movimentos sociais, meios de comunicação, partidos e intelectuais  que distribua melhor os ônus da superação da atual crise nacional (que é global) e que, claramente convoque os rentistas e os grandes ricos, geralmente articulados com os capitais transnacionais a darem a sua contribuição.

Deve-se mudar não apenas a música mas também a letra. Em outras palavras, importa pensar mais no Brasil como nação e menos nos partidos. Estes devem dar centralidade ao bem geral e unir forças ao redor de alguns valores e princípios fundamentais, buscando convergências na diversidade, em função de um projeto-Brasil viável e que torne menos perversa a desigualdade, outro nome, para a injustiça social.

Estimo que amadurecemos para esta estratégia do ganha-ganha coletivo e que seremos capazes de evitar o pior e assim não gastar tempo histórico que nos faria ainda mais retardatários face ao processo global de desenvolvimento social e humano na fase planetária da humanidade.

Em segundo lugar, creio na força transformadora do amor como vem expresso na Oração de São Francisco: onde houver ódio que eu leve o amor. O amor aqui é mais que um afeto entre duas pessoas; ele ganha uma feição coletiva e social: o amor a uma causa comum, amor ao povo como um todo, especialmente, àqueles mais penalizados pela vida, amor à nação (precisamos de um sadio nacionalismo), amor como capacidade de escutar as razões do outro, como abertura ao diálogo e à troca.

Se não encontrarmos nem escutarmos o outro, como vamos saber o que pensa e pretende fazer? Ai começamos a imaginar e a projetar visões distorcidas, alimentar preconceitos e destruímos as pontes possíveis que ligam as margens diferentes.

Precisamos dar mais espaço à nossa cordialidade positiva (pois há também a negativa) que nos permite sermos mais generosos, capazes de olhar para frente e para cima e deixar para trás o que ficou para trás e não deixar que o ressentimento alimente a raiva, a raiva o ódio e o ódio, a violência que destrói a convivência e sacrifica vidas.

As igrejas, os caminhos espirituais, os grupos de reflexão e ação, especialmente a midia e todas as pessoas de boa-vontade podem colaborar no desmonte desta carga negativa. E contamos para isso com a força integradora dos contrários que é o Espírito Criador que perpassa a história e a vida pessoal de cada um.

(*) Carta Maior.

No responses yet

mar 27 2015

SONHOS & PESADELOS

Published by under Jornalismo

IPTU

SONHOS & PESADELOS

O pronunciamento do prefeito sobre a “crise” , começa com ele dizendo “nossa cidade hoje amanheceu mais pobre e triste…”, só porque não recebeu os royalties com os quais ele sonhava. Cabo Frio é muito maior que alguns milhões de reais de royalties, e nem ficou mais pobre ou triste. Não perdeu sua história de 400 anos. Não perdeu sua belezas naturais, apesar da especulação imobiliária.

2 responses so far

mar 27 2015

RAPIDINHAS DO JORNAL DO TOTONHO

Published by under Jornalismo

RABUGENTO-RINDO

RAPIDINHAS DO JORNAL DO TOTONHO

Acumulando funções

Desde 9 de março, Suely Carrerette acumula também a coordenação do Fundo Municipal de Saúde. Necessariamente o acumulo de funções não significa mais poder. Será exatamente este o caso da funcionária?

Nossa Tribo

A revista “Nossa Tribo” editada pelo jornalista e ex-secretário municipal de cultura, José Correia Baptista, veio ainda melhor neste número de março/abril. A capa é “1615: quando foi encenada a fundação de Cabo Frio”.

Sepe Lagos derrota Andinho – 1

O Sepe Lagos derrotou mais uma vez o autoritarismo do Governo Andinho, em Arraial do Cabo. O sindicato conseguiu liminar suspendendo os processos administrativos abertos pelo governo contra os profissionais da educação.

Sepe Lagos derrota Andinho – 2

O Governo Andinho abriu processos disciplinares (abandono de cargo) contra os profissionais da educação, que aderiram a greve na rede pública municipal, no final do ano passado. A vitória do Sepe Lagos infringe ao governo mais uma derrota política.

No responses yet

mar 27 2015

COFFE BREAK NA SAÚDE

Published by under Jornalismo

servicos-de-coffe-break-009

COFFE BREAK NA SAÚDE

Falta tudo na área de saúde pública em Cabo Frio: de vacina a oxigênio, só se ouve não tem e assim por diante. Entretanto, não falta grana para a secretaria municipal de saúde contratar serviço de coffe break, por R$ 41.800,00 (quarenta e um mil e oitocentos reais) pelo prazo de um ano. A inocente pergunta, que não pode deixar de ser feita é: o que faz a secretaria de saúde contratando serviços de coffe break? Não tem mais nada para comprar ou fazer?

No responses yet

mar 27 2015

REFRESCO – 1

Published by under Jornalismo

REFRESCO_PRETO

0022

 

No responses yet

mar 27 2015

A CRISE DO “SERENÍSSIMO”

Published by under Jornalismo

barco-afundar

A CRISE DO “SERENÍSSIMO”

O prefeito de Cabo Frio teve tempo de sobra para organizar e planejar para enfrentar a chamada “crise dos royalties”, mas ao contrário, ele gastou milhões de reais com o réveillon, com o carnaval, com shows, fogos, barcaças para fogos, tendas de blocos etc., como se nada estivesse acontecendo. Inventou uma reforma do secretariado, sem nenhum efeito prático de economia, e achou que a sua administração estava preparada para a “crise”. Ontem na maior cara de pau, se disse surpreso com o valor recebido dos royalties, e a primeira coisa que falou foi em demitir funcionários, aqueles que trabalham, lógico: a parentada e amigos do peito  são intocáveis. O prefeito julga a população burra?

 

One response so far

mar 27 2015

REFRESCO – 2

Published by under Jornalismo

REFRESCO_PRETO

0026

No responses yet

mar 27 2015

“FARTA” TUDO NA SAÚDE EM CABO FRIO

Published by under Jornalismo

SOCORRO

“FARTA” TUDO NA SAÚDE EM CABO FRIO

Se já não bastasse ter faltado oxigênio no Hospital São José Operário, ter sido suspenso alguns exames laboratoriais, por falta de pagamento, agora são pacientes reclamando a falta de bolsas de colostomia em nossa cidade. Vale lembrar que Cabo Frio é cidade polo, sendo responsável pela distribuição em toda a Região Lagos. Qual será o próximo problema na saúde desta cidade?

No responses yet

mar 26 2015

A CRISE É DO PREFEITO E NÃO DA PREFEITURA

Published by under Jornalismo

ALAIR-BICUDO

A CRISE É DO PREFEITO E NÃO DA PREFEITURA

A crise é do prefeito, não da prefeitura. É simples, a previsão de arrecadação dos royalties é de 300 milhões por ano, ou seja 15 milhões por mês,180 milhões por ano, mais 4 trimestrais de 30 milhões, 120 milhões por ano. Total 300 milhões. Agora, o orçamento é de 1 bilhão de reais, portanto os royalties correspondem a 30 % do total do orçamento. Se Cabo Frio perder 50 % dos royalties, a perda será de 150 milhões, portanto 15% do orçamento. Ora, 15% é muito fácil de cortar: é só rever o valor do lixo, que hoje é o mais caro do Brasil e cortar portarias e secretarias desnecessárias. Essa “crise” é do prefeito, que pegou em 2013, 100 milhões emprestados e agora tem que pagar o empréstimo. O desespero do prefeito é sua incompetência.

One response so far

mar 26 2015

REFRESCO – 1

Published by under Jornalismo

REFRESCO_PRETO

0039

No responses yet

mar 26 2015

OS PROBLEMAS DO HOSPITAL DO JARDIM

Published by under Jornalismo

http://www.dreamstime.com/royalty-free-stock-photos-figure-question-mark-image9068618

OS PROBLEMAS DO HOSPITAL DO JARDIM

Os problemas no Hospital Geral do Jardim Esperança (Otime Cardoso dos Santos) estão cada vez mais graves. O hospital que atende pessimamente a população local e é alvo de inúmeras reclamações na mídia tradicional e nas redes sociais da internet, agora vive um sério problema com as ambulâncias.

AFINAL, A SAÚDE É REFERÊNCIA EM QUE?

A secretaria municipal de saúde do “Governo Sereníssimo” trabalha tão bem, mas tão bem, que a cidade está sem vacina BCG. As paridas recentes,  tem que pagar o módico valor de 70 reais ou ir para Arraial do Cabo pra ver se conseguem a vacina. E houve tempo, que o prefeito Alair Francisco (PP) teve a coragem de dizer, que a saúde em Cabo Frio era referência. Até pode ser, mas referência exatamente em que? Ora, pode ser referência em uma porção de coisas. Imagine quais!

No responses yet

mar 26 2015

MANIFESTAÇÃO

Published by under Jornalismo

barras 018

Foto: Arquivo (ilustração).

MANIFESTAÇÃO

Os alunos do turno da noite do Colégio Leaquim Schuindt, fizeram uma manifestação na frente da escola. Os alunos reclamavam da falta de segurança dentro e nos arredores da escola. Falta de segurança na escola e nos arredores, onde qualquer um pula o muro pra entrar e sair. A noite o portão do pátio externo fica trancado e não tem iluminação externa.

 

No responses yet

mar 26 2015

REFRESCO – 2

Published by under Jornalismo

REFRESCO_PRETO0038

 

No responses yet

mar 26 2015

JORNAL NÁUTICO CONVÉS

Published by under Jornalismo

CONVES-1

No responses yet

mar 26 2015

PEDIDO DE DESCULPAS

Published by under Jornalismo

NOT_E_COM_PRETO

ADRIANO_MORENO_4

PEDIDO DE DESCULPAS – 1

Três dias depois de atacar o governo, chegando a dizer que a saúde de Cabo Frio estava a caminho do cemitério, o vereador Adriano Moreno (do PP de Paulo Maluf e Alair Corrêa) ocupou novamente a tribuna da câmara, para pedir perdão ao “chefe”, e só para agradar ao “Sereníssimo” falou mal do ex-prefeito.

PEDIDO DE DESCULPAS – 2

No pedido de desculpas disse que não criticou a saúde pública do governo do Doutor Alair, apenas quis “ajudar”. Será medo de perder algum privilégio no governo do “Chefe”? Afinal, o vereador Adriano Moreno (PP), além de fazer parte da base aliada, que contribuiu para que o legislativo municipal ganhasse o apelido de “câmara de silêncio”, foi um dos avalistas, digamos assim, da indicação do médico Carlos Ernesto para a secretaria de saúde.

No responses yet

mar 26 2015

LIÇÕES DO TEMPO – Carlos Sepúlveda

Published by under Jornalismo

ARTIGOS_PRETO

CARLOS_SEPULVEDA_2

Carlos Sepúlveda

LIÇÕES DO TEMPO.

Aos eventuais amigos que me perguntam se eu sou “de esquerda”, costumo plagiar a frase com que Albert Camus, de quem sou devoto, respondeu à provocação: “ sou de esquerda, apesar de mim e apesar dela”.

Toco no assunto em face dos últimos acontecimentos que deixaram o PT no canto do ringue, apanhando mais do que boi ladrão. 

Todas as análises que li apontam para um fato que parece evidente: quem perdeu espaço e entrou numa espiral descendente foi o Partido da Presidenta, o PT velho de guerra. E perdeu para o PMDB por pura arrogância, misturada com incompetência e déficit de malandragem  que, tendo o PMDB como oponente, resolveu achar fácil detonar o partido como se tira doce de criancinha.

Não era,  não foi e dificilmente será.

As articulações do Planalto apontavam para uma estratégia fatal: isolar o PMDB, oferecendo Ministérios de segunda linha e armando uma malandragem com o Ministro das Cidades em torno de troca de partidos e criação de um novo, que se fundiriam, cooptando novos adeptos. O resultado esperado era a hegemonia do PT. Puro delírio de principiante.

Ora, tudo isso foi feito nas barbas do PMDB, só faltou publicar no Diário Oficial da União. Seria de uma ingenuidade franciscana achar que a arrogância do PT não seria posta à prova, ainda mais com o combustível do Petrolão.

Hoje, depois das manifestações que desidrataram os índices da Presidenta, os rumos do país começam a se parecer, cada vez mais, com o pragmatismo do PMDB.

A oposição, leia-se PSDB, faz comoventes esforços nas CPI´s para gerar fatos novos que possam solapar, ainda mais, a reputação dos partidos da base. Provavelmente terão sucesso em situações tópicas, mas, no substancial, quando o “ bicho pegar” é o PMDB que vai conduzir as votações dentro do Congresso.

Tudo indica que, caso não aconteça uma mudança radical, o PT peça socorro ao grande guia e lúcido condutor de vontades: Lula da Silva. Aliás, por onde anda o Lula nesses últimos tempos?

No responses yet

mar 26 2015

REVISTA NOSSA TRIBO

Published by under Jornalismo

NOSSA-TRIBO

No responses yet

mar 25 2015

NOTA PÚBLICA

Published by under Jornalismo

NOTA PÚBLICA

O FÓRUM DE ONGS LGBT DA BAIXADA LITORÂNEA vem a público manifestar seu total descontentamento e repúdio com a postura inadequada e violência empreendida numa ocorrência de violência que precisava ser registrada e não foi em São Pedro da Aldeia.

Os fatos se sucederam em São Pedro da Aldeia na madrugada de domingo, onde o presidente do Grupo Iguais (ONG de Cabo Frio) foi solicitar auxilio policial a policiais do 25 º Batalhão de Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro e recebeu uma negação, além disso, após o rechaçamento e exposição dessa postura aos outros presentes pelo agredido, os policiais empreenderam força e levaram o mesmo detido por desacato e dentro da viatura hostilizaram, agrediram e ameaçaram de morte o mesmo antes de leva-lo para a delegacia.

CONSIDERANDO a postura totalmente inadequada e a violência empreendida a um cidadão, que por ventura é um militante atuante e membro deste fórum, REPUDIAMOS veementemente  e LAMENTAMOS que tal fato macule a imagem de uma instituição tão séria que é comandada por um grande ser humano. 

SOLICITAMOS a adoção de políticas de apoio, prevenção e capacitação na área de segurança pública para que tais situações não ocorram novamente e que a a omissão de socorro, agressão e ameaça de morte seja apurada e devidamente punida pelos meios legais, reafirmando o direito de segurança pública a todo e qualquer cidadão seja ele Aldeense, Cabofriense, Carioca e/ou Brasileiro, independente da sua orientação sexual e/ou de gênero.

São Pedro da Aldeia 24 de Março de 2015.

FÓRUM DE ONGS LGBT DA BAIXADA LITORÂNEA

No responses yet

mar 25 2015

ALAIR: CAMPEÃO EM PROCESSOS E REJEIÇÃO

Published by under Jornalismo

ALAIR-SONINHO-1

ALAIR: CAMPEÃO EM PROCESSOS E REJEIÇÃO

O prefeito de Cabo Frio, o “grande administrador” Alair Francisco (PP) é um verdadeiro campeão de processos e condenações, na justiça. Ontem saiu mais um só que em primeira instância e mais uma vez por improbidade. O velho cacique político cabofriense está muito enrolado com a justiça e cumpre o seu mandato de prefeito com muita dificuldade, porque realiza uma administração também campeã em rejeição junto à opinião pública.

No responses yet

mar 25 2015

FALTA RESPONSABILIDADE

Published by under Jornalismo

NOT_E_COM_PRETO

DURANGO-KID

FALTA RESPONSABILIDADE

Quando o prefeito anunciou, no dia 12 de dezembro de 2014, com toda cobertura da imprensa, o novo calendário de pagamento dos funcionários, buscando uma agenda positiva para seu governo, o preço do barril de petróleo já estava em baixa, em torno de U$ 60. Portanto, deveria ter noção da queda de arrecadação, porém a vontade de aparecer é muito maior que a responsabilidade dos seus pronunciamentos.

QUEM VAI INDENIZAR OS FUNCIONÁRIOS?

Os funcionários acreditaram na palavra do prefeito Alair Francisco (PMDB), e programaram seus pagamentos dentro do que foi anunciado. Agora, sem mais nem menos, o doutor (doutor mesmo) prefeito altera a data dos pagamentos e vai pagar o mês de março até o dia 4 de abril. A pergunta é: quem se responsabiliza pelas multas e juros, que os servidores vão ter que pagar das prestações atrasadas? O prefeito vai tirar do seu bolso para indenizar os trabalhadores?

No responses yet

mar 25 2015

REFRESCO – 1

Published by under Jornalismo

REFRESCO_PRETO

Bailarina do Faustão faz ensaio hiper sensual, estaria de Top l

No responses yet

mar 25 2015

RESTAURANTE TIO PATYNHO

Published by under Jornalismo

patynho

No responses yet

mar 25 2015

É MUITA PORTARIA!

Published by under Jornalismo

ARVORE-GENEALOGICA-DO-PREFEITO

É MUITA PORTARIA!

3000, é aproximadamente o número de cargos em comissão, as portarias, porque esse governo não tem transparência, mas fontes da prefeitura (“paredes murmurantes” do Palácio Tiradentes) falam nesse número. Muitas portarias são ocupadas por pessoas de outras cidades, como São Gonçalo, São Pedro da Aldeia, Búzios e até mesmo de outros estados. A maioria se mudou para Cabo Frio em 2013 e 2014. Não são técnicos, ou especialistas, são parentes e amigos dos parentes.

UMA INDIGNIDADE!

A despesa com essa turma toda chega a mais de 8 milhões de reais por mês. É um verdadeiro absurdo. Uma indignidade. Ora, exatamente no momento em que o  doutor prefeito vive anunciando uma crise financeira, quando demite e corta salários dos cabofrienses que trabalham, centenas de portarias são “distribuídas” para moradores de outros municípios. Muitos “forasteiros” possuem empreiteiras que prestam serviços na cidade. São milhões de reais que todo mês saem de Cabo Frio, gerando desemprego para os cabofrienses e prejudicando o já combalido comércio local.

 

 

No responses yet

mar 25 2015

“BEIJA MÃO”

Published by under Jornalismo

slide_11

“BEIJA MÃO”

O doutor prefeito voltou a distribuir tablets nas escolas, com festas e discursos. É muita covardia obrigar crianças ao nefasto processo do “beija a mão”. Só um político desesperado e insensível, é capaz de tal atitude. Seria muito mais digno a entrega simbólica em uma escola, mas ir em várias escolas, interrompendo mais um dia de aula, deixando muitas crianças de outras escolas aguardando a agenda do prefeito, para receber seu tablet. Que vergonha! Pega muito mal usar crianças para se promover.

No responses yet

mar 25 2015

REFRESCO – 2

Published by under Jornalismo

REFRESCO_PRETO

00

 

No responses yet

mar 25 2015

O “GRANDE ADMINISTRADOR”

Published by under Jornalismo

GRANDE-ADMINISTRADOR

O “GRANDE ADMINISTRADOR”

Como está o magnífico planejamento do “grande administrador”, o doutor prefeito Alair Francisco (PP), que não conseguiu terminar até hoje, março de 2015, a obra da Avenida Joaquim Nogueira? A conclusão da obra está atrasada em bem mais de um ano. Ora, o doutor prefeito, que se auto elogia o tempo todo está conseguindo infernizar a vida dos moradores do Guarany e de São Cristovão.

No responses yet

mar 25 2015

JEFFERSON BUITRAGO IMÓVEIS

Published by under Jornalismo

BANNER-BUITRAGO-2

No responses yet

mar 25 2015

NÔMADE ARTES GRÁFICAS

Published by under Jornalismo

BANNER_NOMADE_1

No responses yet

mar 24 2015

EM DEFESA DA VIDA HUMANA

Published by under Jornalismo

DEFESA-DA-VIDA

No responses yet

mar 24 2015

ESVAZIADA, ENFRAQUECIDA E ESQUECIDA

Published by under Jornalismo

T

ESVAZIADA, ENFRAQUECIDA E ESQUECIDA

Desde 2013, a Semana Teixeira e Sousa vem sendo esvaziada, enfraquecida, esquecida. Este ano, então, a Semana quase nem saiu. Deu-se um jeito em cima da hora, de improviso, sem recursos nem para imprimir a programação, que acabou sendo bem caseira. Mas como explicar que uma Semana que ninguém vê tenha verba aprovada de R$ 52 mil? É só conferir o jornal “Noticiário dos Lagos” de 21 e 22 de março, página 4, seção Atos Oficiais, onde está lá: Processo n° 1495/2015, contratada: Centro de Formação Cidadã da Região dos Lagos, com inexigibilidade de licitação, e aprovação de R$ 52.000,00 para a realização da Semana Teixeira e Sousa. Tanto dinheiro para pagar o quê?

5 responses so far

mar 24 2015

REFRESCO – 1

Published by under Jornalismo

REFRESCO_PRETO

0067

No responses yet

mar 24 2015

ALAIR, O CAMPEÃO

Published by under Jornalismo

ALAIR_8

ALAIR, O CAMPEÃO

O prefeito Alair Francisco deve estar orgulhoso por receber mais um título para figurar em sua extensa galeria de titular no time do serviço público: o de ser o prefeito do Estado do Rio de Janeiro com o maior número de ações de improbidade. Numa delas, condenado. O que foi matéria do jornal “O Globo” de domingo, 22.

No responses yet

mar 24 2015

REFRESCO – 2

Published by under Jornalismo

REFRESCO_PRETO

024

No responses yet

mar 24 2015

RAPIDINHAS DO JORNAL DO TOTONHO

Published by under Jornalismo

RABUGENTO-RINDO

RAPIDINHAS DO JORNAL DO TOTONHO

OAB

Janio e a OAB

O deputado Janio Mendes (PDT) participou na tarde de segunda-feira, 23, da solenidade de entrega de carteiras a estagiários e advogados, na sede da OAB, no bairro do Braga, em Cabo Frio.

Repercussão

Foi muito grande, em toda a Região dos Lagos, da matéria do “O Globo”, mostrando que o prefeito de Cabo Frio, o nobre Alair Francisco (PP) é o campeão de processos por improbidade no estado.

Falta coragem?

O Doutor Alair Francisco (PP) é justamente aquele prefeito, que chamou seus secretários e assessores de “lerdos e molóides”. Será que algum deles vai ter a coragem de fazer alguma gozação com o “Chefe”?

Disputa

O prefeito Alair Francisco (PP) já tem um concorrente, na Região dos Lagos: o prefeito de Búzios, André Granado (PSC). Os dois disputam palmo a palmo o número de processos que respondem na justiça.

Isolamento

Alair Francisco e André Granado tem vários pontos em comum, mas talvez o maior deles seja o isolamento político no qual se encontram: a tendência é o agravamento, na medida em que a rejeição popular vai aumentando gradativamente.

No responses yet

Next »