jun 23 2017

EDITORIAL – DIVIDINDO PRA DOMINAR!

Published by under Jornalismo

EDITORIAL_AZUL

O grupo de Marquinhos Mendes (PMDB) vem, desde que venceu as eleições em outubro de 2016, trabalhando com o objetivo de dividir os movimentos sindicais que fizeram oposição ao governo do antecessor.

Não foi por acaso que os observadores da política no município perceberam que após a vitória eleitoral do prefeito, o movimento sindical de certa forma, murchou: as assembleias e caminhadas não foram mais as mesmas.

Terá sido o cansaço do permanente embate com Alair? Quem sabe a multiplicidade de promessas do grupo político do prefeito vitorioso encantou algumas pessoas, que, assim diminuíram sua vontade de reivindicar direitos?

Depois da posse, quando os movimentos sindicais entraram pra valer na defesa dos funcionários públicos municipais, o governo entrou pesado para dividir a ação dos sindicatos. O sucesso da operação política vai depender dos resultados administrativos e financeiros do governo e sua capacidade de gerir os problemas, que certamente continuarão a atormentar no campo jurídico-eleitoral.


One response so far

jun 23 2017

AS COBRAS!

Published by under Jornalismo

HUMOR_AZUL

CHARGE-MIRIAMLEITAO


No responses yet

jun 23 2017

TIA ZUZU – DE OLHO NOS VEREADORES.

Published by under Jornalismo

ZUZU

Investigação dos estacionamentos.

As “paredes murmurantes” do velho prédio da câmara de vereadores de Cabo Frio estão atentas a atuação do MP, que investiga o problema dos estacionamentos públicos no município. A iniciativa foi do vereador Vanderlei Bento (PMB).

“Bancada do Silêncio”

A bancada governista impediu a apuração, ampliando seu desgaste junto a opinião pública, mas o vereador Vanderlei Bento (PMB) conseguiu que o Ministério Público instaurasse a investigação. Os vereadores governistas já estão sendo chamados de “bancada do silêncio”.

Repeteco?

Essa ânsia de impedir a apuração de qualquer coisa, cuja iniciativa parta da oposição, basta ver a recusa inicial para o vereador Rafael Peçanha (PDT) examinar os tais “contratos emergenciais” repercute muito mal para a bancada governista junto a população. A continuar nessa marcha a tendência é os vereadores de Marquinhos (PMDB) saírem tão queimados quanto os que apoiaram Alair (PP).

Questão muito grave.

A questão do tratamento, quimioterápico e radioterápico, do câncer, em Cabo Frio é muito grave e precisa ser também investigado pela câmara, através de uma CPI e pelo Ministério Público. Acima de qualquer coisa é uma causa, que interessa a toda a sociedade cabofriense.

Janio Mendes & Araruama

JANIO-LIVIA-JB

O deputado Janio Mendes (PDT) tem trabalhado junto com a prefeita de Araruama, Lívia de Chiquinho (PDT), no sentido de melhorar a segurança pública no distrito de São Vicente. A população de São Vicente está em torno de 40 mil habitantes. O deputado trabalhista fez pronunciamento na Assembleia Legislativa sobre a questão.

Aprovação por unanimidade.

ASS-3

Na noite de quarta, 21, aconteceu o que todos esperavam: a assembleia do sindicaf/sindisaude aceitou por unanimidade a proposta negociada com o prefeito Marquinhos Mendes (PMDB). A assembleia estava bem vazia, uns poucos gatos pingados decidiram o destino dos funcionários.

Medalha Tiradentes para Renato Vianna.

O ex-prefeito do Arraial do Cabo, Renato Vianna vai receber homenagem na Assembleia Legislativa: a Medalha Tiradentes, considerada a maior honraria do Estado do Rio de Janeiro. O interessante é que Renato Vianna foi indicado para a medalha pelo seu trabalho como prefeito de Arraial do Cabo. O autor é  deputado campista, Gil Vianna, do PSB.

Pauta com boas notícias.

As “paredes murmurantes” do Palácio Tiradentes transpiram que o prefeito Marquinhos Mendes (PMDB) considera que as questões mais graves da crise político-financeira ficaram para trás. O prefeito está em busca de pauta com boas notícias para o governo. Enquanto isso, o “imperador” cuida da manutenção, em “banho maria”, das questões jurídico-eleitorais.

Por Maria Luisa.

Como o Jornal do Totonho é chato, não custa nada lembrar da menina Maria Luisa, de apenas 10 anos, que foi decapitada em plena Praia do Forte, em Cabo Frio. Na época, segundo o G1, jornalístico das Organizações Globo, o condutor da lancha não prestou socorro e seria processado por homicídio culposo. Ninguém fala mais no assunto.


2 responses so far

jun 23 2017

RECADO DE MONARCO DA PORTELA PARA CRIVELLA: “Quem não gosta de samba, bom sujeito não é”

Published by under Jornalismo

MONARCO


No responses yet

jun 23 2017

PREVENÇÃO E COMBATE ÀS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.

Published by under Jornalismo

VELHICE

Com o aumento da expectativa de vida do brasileiro, torna-se fundamental a implementação de políticas públicas que permitam um envelhecimento saudável e ativo. O Projeto de Lei nº 2452/17 de minha autoria Institui a Política de Prevenção e Combate às Doenças do Envelhecimento destinada ao fomento de pesquisas, do diagnóstico precoce e do adequado tratamento para os mais diversos grupos de doenças que acometem os idosos, garantindo, desta forma, maior visibilidade aos problemas e melhor qualidade de vida para os portadores das doenças com mais independência e autonomia.” (Janio Mendes – PDT).

 


No responses yet

jun 23 2017

ILHA DE MARAJÓ – Mary Cristina Amorim.

Published by under Jornalismo

FOTOS_AZUL

MARY-CRISTINA-AMORIM-4


No responses yet

jun 23 2017

REDE RIO ASTRONOMIA E PROJETO ASTRONOMIA NO MUSEU.

Published by under Jornalismo

ASTRONOMIA


No responses yet

jun 23 2017

GREVE GERAL – 30 DE JUNHO.

Published by under Jornalismo

GREVE-GERAL


No responses yet

jun 23 2017

13 ANOS SEM LEONEL BRIZOLA.

Published by under Jornalismo

JANIO-BRIZOLA


No responses yet

jun 23 2017

CIRCUITO DE SHOWS DE TAZ

Published by under Jornalismo

TAZ


No responses yet

jun 23 2017

FESTA JULINA

Published by under Jornalismo

FESTA-JULINA


No responses yet

jun 23 2017

JORNAL DO TOTONHO

Published by under Jornalismo

JORNALDOTOTONHO_1


No responses yet

jun 22 2017

EDITORIAL – A MÁSCARA ESTÁ CAINDO.

Published by under Jornalismo

EDITORIAL_AZUL

INTERNET

As redes sociais da internet causam muitas surpresas a aqueles que não a observam e a estudam atentamente. A “mídia amiga” ou “colaboracionista”, digamos assim, tenta passar a imagem de que só ela informa e tem o monopólio da interpretação dos fatos e a capacidade de formar opinião.

Estamos diante de uma briga pela conservação do espaço, ou melhor, do mercado, que para a “mídia amiga” costuma ser altamente lucrativo, mesmo na província. Afinal, os homens públicos estão aí querendo “dourar a pílula” de suas ações e esconder boa parte de suas “pedaladas” e não são apenas fiscais. A “mídia amiga” passa aquela tinta dourada, mesmo que seja pirita e dá aos homens públicos a consideração que raramente merecem.

A livre discussão na internet tem de tudo: do anarquista ao simples bagunceiro e do debate intelectual a aqueles, que simplesmente esbravejam. É território onde rola espécie de “vale tudo”, inclusive os que adoravam as tesouras voadoras de Ted Boy Marino. Nesse território também se desmancham reputações e desenrolam-se novelos, outrora intermináveis.

É o caso da relação entre Alair e Marquinhos, que cada vez mais os internautas entendem que fazem parte do mesmo grupo e processo político, que infelicita a cidade desde 1997. A máscara está caindo!


2 responses so far

jun 22 2017

JUDICIÁRIO JULGANDO OS TUCANOS.

Published by under Jornalismo

HUMOR_AZUL

JUDICIARIO-JULGANDO-TUCANOS


No responses yet

jun 22 2017

TIA ZUZU – O CHARITAS MERECE CALÇADA CAPRICHADA.

Published by under Jornalismo

ZUZU

Calçadas.

Os governos, por todos os motivos que sabemos, dão preferência a obras grandiosas, nas quais entre outras coisas exercitam suas vocações para faraós. Seria bem mais simples e barato se fizessem boas calçadas por toda Cabo Frio. As calçadas da cidade são uma vergonha e contrárias a qualquer projeto de mobilidade urbana.

CHARITAS

Calçada em frente ao Charitas.

A Asaerla está completando 40 anos. É uma boa oportunidade de solicitar a prefeitura de Cabo Frio, que faça uma calçada decente em frente ao Charitas. No outro governo de Marquinhos Mendes (PMDB) a entidade conseguiu, que a prefeitura saísse de sua eterna moleza e fizesse à calçada, mas é muito feia: o Charitas merece coisa muito melhor.

Arquivo Público Municipal.

JOSE_CORREIA_2

Ao sociólogo, jornalista e pesquisador em História, José Correia Baptista é o responsável pelo Solar dos Massas, prédio da Biblioteca Pública Municipal Walter Nogueira. José Correia está voltado para a criação do Arquivo Público Municipal de Cabo Frio, cuja implantação representa uma grande conquista da sociedade.

Péssimo estado!

Quem circula pelo Boulevard Canal e pela Orla Scliar fica espantado pelo péssimo estado de conservação daquelas áreas turísticas. O cais tem buracos, madeiras soltas, pregos enferrujados e nas calçadas os pisos estão soltando e a sujeira é grande. Precisa de reestruturação urgente.

Qualidade & Bom gosto.

LUCAS-MULLER

O cineasta Lucas Müller está na secretaria municipal de turismo, em parceria com Fabíola Becker, fazendo trabalhos de divulgação da cidade de qualidade e bom gosto. Pena que o estado de conservação dos bens histórico-culturais do município não ajude.

Poesia contemporânea.

SARAU-2

Foi o maior sucesso o evento Sarau Revira – Volta, na noite de segunda-feira, 19, na Avenida 13 de Novembro, com muita poesia contemporânea, performances e artes plásticas. O evento aberto ao público e aos demais poetas é liderado pelo professor de literatura Fábio Emecê.

Velhos hábitos.

As conversas e acordos que o prefeito Marquinho Mendes (PMDB) tem feito com as lideranças sindicais revelam velho hábito herdado do seu “mestre”: dividir os movimentos dos servidores, mas até aqui, fracassou. Mesmo as lideranças sindicais simpáticas ao prefeito temem a revolta dos trabalhadores, que se sentem enganados e enrolados.

Desgaste – 1.

A bancada governista na câmara, inclusive o presidente da Casa, Aquiles Barreto (SD) e o líder Miguel Alencar (PPS) tem perdido espaço eleitoral (PPS) e sofrem acentuado desgaste político por conta das inconsequências do governo de Marquinhos Mendes (PMDB), em especial na questão dos servidores.

AQUILES_BARRETO_01  &  MIGUEL_ALENCAR_1

Desgaste – 2.

Caso, por conta da justiça, o prefeito Marquinhos Mendes (PMDB) seja afastado e novas eleições municipais sejam convocadas, Aquiles Barreto (SD), que até então era considerado o candidato natural do grupo, já não tem a unanimidade pensada pelos assessores que o rodeiam.

Adão e Eva.

ADAO-EVA

A Maçã !!!!!!!!!

Boa parte do grupo político do ex-vereador Adriano Moreno (REDE), inclusive o próprio,nasceu ou participou da prefeitura e do sistema articulado pelo ex-prefeito Alair Corrêa (PP). Apesar de terem o discurso da novidade, as práticas são as mais antigas desde “Adão e Eva”.

Assembleia esvaziada aprova proposta negociada entre sindicatos e governo.

ASS-1

ASS-2

ASS-3

Em assembleia esvaziada realizada na noite de quarta-feira, 21, no auditório da própria prefeitura, foi aprovada por unanimidade a proposta negociada com o governo de Marquinhos Mendes (PMDB): pagar os 50% de novembro (até sexta-feira) e o restante (dez/2016 + 13° de 2016 + resíduo do 13° de 2015) em sete parcelas. Sendo seis (de julho a dezembro) de 10% e uma (janeiro) de 40%. Sempre junto com a remuneração do mês, no 5° dia útil.


3 responses so far

jun 22 2017

ALERTA AOS PAIS

Published by under Jornalismo

AVISO


One response so far

jun 22 2017

SHOWS DA TAZ.

Published by under Jornalismo

TAZ


No responses yet

jun 22 2017

BUNDA AMBULANTE OU FEMINISTA FALANTE? – Gabi Pérola

Published by under Jornalismo

CRO_E_POE_AZUL

GABI-PEROLA-1

BUNDA AMBULANTE OU FEMINISTA FALANTE?

 Gabi Pérola

Aê! Sabia que Bunda não pensa?

Mas é a preferência nacional, diz a imprensa.

E ainda tenho pretensão de ser valorizada.

Por essa nação com parte da juventude transviada.

 

Para os racistas, não passo de uma cidadã de cor, a afro-brasileira.

Que adora aparecer como inteligente e guerreira; Para a mídia, sou a mulata sensual.

É ela que associa os pecados da carne ao Carnaval;

 

Para os babões no cio, sou muito gostosona.

E olha que nunca provaram, não sou mulher da zona!

Nem toda brasileira é bunda,

Por isso, meliante, não me confunda!

 

E para você que também me vê como uma bunda ambulante

Saiba que sou uma feminista falante!

 

Só porque sou simpática e sorridente?

Ser cordial e eternamente consciente

Faz parte da minha boa educação.

Então, ô, Zé Bunda, não confunda cu com bunda, não!

 

“Ordem e Progresso”!?

Ah, quanto a isso eu protesto!

Para desordem e regresso,

Qual seria o processo?

 

(“O tráfico de mulheres gera receitas anuais de US$ 32 bilhões no mundo todo, e 85% desse dinheiro vem da exploração sexual, que só na América Latina e no Caribe fez 100 mil vítimas em 2006.”)

 

As violências aos corpos femininos iniciam-se com o olhar,

Que maldosos ou omissos, um dia pelo crime hão de pagar.

 

Abaixo ao machismo, racismo, sexismo e qualquer outro -ismo

Que possa levar um ser humano ao abismo. Abaixo à ditadura da beleza, magreza e qualquer outra proeza

 

Que faça o espírito agonizar-se em pobreza.

E para você, Mulher, que também se cansou deste tormento,

Faça valer sua auto-estima e quebre esses machistas no argumento!

Ah! Aos babões, à mídia, racistas, a quem quiser ouvir: _ Sou mulher negra linda e me chamo Gabi.

 GABI-PEROLA-2


No responses yet

jun 22 2017

EXIBIÇÃO DE “ANTES, O VERÃO” MARCA UM ANO DE CONHECINEMA

Published by under Jornalismo

UVA

EXIBIÇÃO DE “ANTES, O VERÃO” MARCA UM ANO DE CONHECINEMA

Cineclube exibe documentário cabofriense da década de 60 e propõe debate sobre memória

Há um ano, universitários loucos por cinema decidiram compartilhar com a comunidade sua paixão pela sétima arte. A ideia virou um cineclube – o ConheCinema -, que conta com exibições periódicas, seguidas de debate, que acontecem no auditório da Universidade Veiga de Almeida (UVA), em Cabo Frio. A sessão de aniversário, no dia 22 de junho, a partir das 14h, exibirá o filme “Antes, o verão” (1968), com direção de Gerson Tavares. O filme, que retrata Cabo Frio na década de 60 e foi censurado pela ditadura militar, é mais que oportuno para o debate desta edição, que tem a memória como tema. O documentarista Lucas Müller, da empresa Os 13 Filmes, é um dos convidados para o debate.

Os organizadores prometem surpresas no decorrer do evento, que contará com atividades culturais. Uma das novidades é o lançamento da lojinha do ConheCinema, com produtos personalizados, confeccionados pelos próprios organizadores. “Desde o começo, os fundadores suaram a camisa para o nome ConheCinema crescer e ele vem conquistado um público fiel cada vez maior”, destaca Rodrigo Cintra, aluno do 7º período de Jornalismo, um dos curadores do cineclube. O estudante lembra a edição de março, que teve público recorde de 130 pessoas.

O cineclube é uma iniciativa de alunos dos cursos de Comunicação Social e prioriza a exibição de filmes que estão fora da circulação comercial. O professor Daniel Paes, coordenador de Jornalismo, dá suporte à equipe desde o início do projeto. Orgulhoso, comemora o desenvolvimento da iniciativa. “Hoje, o ConheCinema é um grupo de trabalho e produção de conhecimento a partir do cinema”, reflete, citando que o projeto contribui para o fomento da cultura local, atraindo ativistas, produtores culturais e pessoas da comunidade, inclusive de outras cidades da Região dos Lagos. Outro ponto destacado pelo docente é a preparação para o mercado de trabalho, estimulada pela experiência concreta de executar todas as fases da organização de um evento.

As sessões do cineclube são gratuitas, abertas à comunidade, com direito à pipoca e sorteio de brindes. Saiba mais em https://www.facebook.com/ConheCinema/. 


No responses yet

jun 22 2017

FESTA JULINA.

Published by under Jornalismo

FESTA-JULINA


No responses yet

jun 22 2017

ACORDO DE PARIS/MUDANÇAS DO CLIMA – Mario Flavio Moreira.

Published by under Jornalismo

ARTIGOS_AZUL

MARIO_FLAVIO_MOREIRA_5

ACORDO DE PARIS/MUDANÇAS DO CLIMA.

Mario Flavio Moreira (*)

O que é o Acordo de Paris? Acordo de Paris é um tratado no âmbito da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (UNFCCC – sigla em inglês), que rege medidas de redução de emissão dióxido de carbono a partir de 2020. O acordo foi negociado durante a COP-21, em Paris e foi aprovado em 12 de dezembro de 2015.

POLUICAO-1

O Acordo de Paris busca conter o aquecimento do planeta Terra por meio de ações que garantam o desenvolvimento econômico sustentável, para reduzir gradualmente as emissões que causam a mudança climática. O objetivo é prevenir um aumento maior do que 2 graus célsius na temperatura média global, que poderia aumentar o nível dos oceanos, provocar grandes secas e causar tempestades perigosas. A convenção e as discussões sobre o tema foram estimuladas pelo consenso geral da comunidade científica mundial de que o aumento das temperaturas globais nas últimas décadas foi causado por atividade humana. Com o que os Estados Unidos haviam se comprometido? O acordo exige que os países façam promessas voluntárias para reduzir as emissões nacionais e forneçam atualizações periódicas sobre seu progresso. O ex-presidente Barack Obama se comprometeu a reduzir entre 26% e 28% o nível das emissões americanas até 2025. Essa meta não é fixa e o objetivo é aumentá-la ao longo dos anos.

POLUICAO-2

O trato também demanda que os países desenvolvidos, cujas economias historicamente contribuíram para as emissões, ajudem a financiar a transição dos países em desenvolvimento para formas de energia mais limpas. O plano é arrecadar 100 bilhões de dólares por ano com doações públicas e privadas. Obama transferiu 1 bilhão de dólares, de um total de 3 bilhões com os quais havia se comprometido, para o Fundo das Nações Unidas para o Clima antes de deixar o cargo. O que Trump rejeita no acordo? Trump não aceita a ideia de que as emissões estão causando mudanças climáticas significativas e acredita que os cientistas e especialistas estão difundindo teorias da conspiração. Em sua campanha eleitoral, afirmou várias vezes que a mudança climática foi inventada pela China. Mais tarde disse que as afirmações não passavam de uma piada, mas reiterou que não crê que os chineses irão cumprir sua parte no acordo ou estejam sequer tentando reduzir seu consumo de combustíveis fósseis. De forma geral, o republicano é bem cético em relação a pactos e organizações internacionais, por isso sempre tende a desacreditar de suas políticas e dizer que os Estados Unidos não se beneficiam diretamente dos seus resultados. Em especial, acredita que os gastos com o Acordo de Paris propostos pela antiga administração são absurdos e podem levar a uma redução no crescimento econômico sem nenhum benefício aparente. Trump nomeou outro cético para dirigir a Agência de Proteção Ambiental, Scott Pruitt, e também está revogando o Plano de Energia Limpa criado pela administração Obama para reduzir as emissões das usinas de carvão. O que acontecerá agora? O acordo não vai acabar da noite para o dia. Tecnicamente, Trump não pode abandonar o tratado até 2019. No entanto, é possível que ele consiga acelerar o processo e suspender as regulamentações internas já aprovadas pelo Senado americano. Ainda assim, já existem rumores de que a China e a União Europeia estão dispostas a se comprometer publicamente com o tratado mesmo sem os Estados Unidos. Muitos especialistas acreditam que mesmo fora do acordo, os americanos podem alcançar bons resultados em reduções de emissões e mudança de políticas climáticas. A economia americana já não é dependente de fontes de energia poluentes como o carbono e o carvão e está migrando cada vez mais para o gás natural e a energia renovável. As ações de Trump podem não ser suficientes para alterar essa tendência. Contudo, defensores do acordo acreditam que a saída dos Estados Unidos prejudicará seu relacionamento com aliados próximos, que podem acabar cedendo eventualmente à influência econômica da China. No pior dos casos, a retirada do acordo desencorajará as nações em desenvolvimento, que se espelham nos americanos, a tomarem medidas adicionais para limitar suas emissões. Além disso, o fim da contribuição americana com o Fundo das Nações Unidas para o Clima pode prejudicar o orçamento geral do órgão e, consequentemente, os esforços que buscam impedir os perigosos aumentos de temperatura.

(*) Biólogo e Consultor Ambiental.


No responses yet

jun 22 2017

LIBERDADE PARA RAFAEL BRAGA.

Published by under Jornalismo

RAFAEL-BRAGA


No responses yet

jun 22 2017

REDE RIO ASTRONOMIA & PROJETO ASTRONOMIA NO MUSEU.

Published by under Jornalismo

ASTRONOMIA


No responses yet

jun 22 2017

REVISTA NOSSA TRIBO – José Correia Baptista.

Published by under Jornalismo

NOSSA-TRIBO


No responses yet

jun 22 2017

JORNAL NÁUTICO CONVÉS.

Published by under Jornalismo

NAUTICO-CONVES


No responses yet

jun 22 2017

JORNAL DO TOTONHO

Published by under Jornalismo

JORNALDOTOTONHO_1


No responses yet

jun 21 2017

EDITORIAL – O “SACO DE FELICIDADES”

Published by under Jornalismo

EDITORIAL_AZUL

MARQUINHO_MENDES_14

Um amigo e leitor atento das mídias locais se deu ao trabalho de contar o número de vezes que o prefeito de Cabo Frio abriu a boca para prometer alguma coisa. Ao terminar a conta ficou abismado com a facilidade que o prefeito prometia “fazer e acontecer”, quase “chover” sobre a cidade e as plantações no campo.

A infinidade de promessas não se limitou a campanha eleitoral, se prolongando até hoje, seis meses depois de iniciado o governo. Apesar de ter deixado de cumprir muitas delas, o governante “não se fez de rogado” e continuou tirando do “saco de fantasias” outras tantas “felicidades” a serem distribuídas aos seus como se fossem balas e bombons, na Festa de Cosme e Damião.

Até mesmo as “paredes murmurantes” do Palácio Tiradentes estão espantadas, algumas, mais sensíveis, ruborizadas com a insensatez do dirigente. Até o momento não se deu conta que a realidade econômico-financeira do país e obviamente também do município, mudou completamente.

Da mesma maneira que seu velho “professor” continua a se recusar a “cortar na própria carne”. Ora, se nada fizer, não tem jeito e todas as suas promessas vão cair por terra na próxima esquina e seu governo vai viver uma crise permanente, que acabou por derrubar politicamente seu antecessor: o cobertor está ficando a cada dia mais curto.


2 responses so far

jun 21 2017

A CRISE!

Published by under Jornalismo

HUMOR_AZUL

CHARGE-CRISE


No responses yet

jun 21 2017

TIA ZUZU DEPOIS DO FERIADÃO.

Published by under Jornalismo

ZUZU

Prefeito X Sindicatos.

As negociações entre o governo de Marquinhos Mendes (PMDB) tem provocado seguidos bate-bocas com as lideranças sindicais dos servidores da prefeitura. O governo tem sido seguidamente desmentido pelos sindicalistas e o que é pior, pelos fatos.

O “grupão” disputa espaço no governo.

CLAUDIO_MOREIRA_1   CLAUDIO_BASTOS_1

Nada mais dividido que o “grupão” que governa Cabo Frio. As disputas pela hegemonia dentro da prefeitura são evidentes e esse contexto atrapalha e muito a administração. Entre tantos grupos destaca-se o crescimento daqueles ligados ao presidente da Comsercaf, Cláudio Moreira e ao secretário de planejamento Cláudio Bastos.

Tarefa complicada.

Ainda não se sabe como esses diferentes grupos políticos vão se comportar no processo eleitoral de 2018. Tentar manter a unidade do governo vai ser uma árdua tarefa do prefeito Marquinhos Mendes (PMDB) e ao mesmo tempo deixar de pé a ponte com a turma de Picciani, a quem é ligado politicamente dentro do PMDB.

O “piscinão de Alair”

PRACA_DAS_AGUAS

A Praça das Águas, mais conhecida como “Piscinão de Alair”, cuja manutenção é caríssima, está em estado bastante precário. Construída numa época onde o desperdício de água é um absurdo, acrescido da crise econômica, passou da hora de substituí-la por coisa melhor e com menos custos para o erário.

Cavalos na pista.

Cavalos soltos na Avenida América Central, atrapalhando o fluxo dos veículos e podendo gerar sérios acidentes. Cabo Frio retornou no tempo? A velha prática política criminosa reapareceu? É preciso dar um basta e investigar quem são os proprietários dos animais e processá-los.

Os bolcheviques no auditório dos kadets.

LENIN-1

Os 100 anos da Revolução Russa (1917) foram comemorados em Cabo Frio com a realização de um debate, justamente no paraíso dos empresários locais, o auditório da ACIA. Os ‘kadets’ recepcionaram os ‘bolcheviques’ e os alunos e professores do “Rui Barbosa” com café e biscoitos recheados. No meio da plateia alguns narodniks e mencheviques.

Os Sobreviventes

MOACIR_CABRAL_5  PAULO_COTIAS_4

O projeto “Caminhos da História”, nascido do “Cidade Viva”, do jornal Folha dos Lagos, fez uma visita aos monumentos históricos de Cabo Frio, tendo a frente o professor Paulo Cotias e o jornalista pimpão Moacir Cabral. Resta saber qual dos dois sobrou para contar a história após subir e descer o Morro da Guia. O projeto poderia passar a se chamar “Os Sobreviventes”.

Buraco na cultura?

Ontem, a Folha dos Lagos publicou reportagem do jornalista Rodrigo Branco sobre auditoria feita na secretaria municipal de cultura, que revelou segundo o secretário Ricardo Machado (“Chopinho”) um “buraco” de R$ 547.697,90 em bens não localizados. Segundo a matéria “o processo está a cargo do controlador geral do município, Silas Nunes da Cunha”.

As respostas dos ex-secretários.

O ex-secretário Facury diz que recebeu a secretaria sem listagem oficial de bens e que em 2016 apenas administrou “o caos”. Alfredo Gonçalves assinala que a atual gestão tem que especificar o que está faltando e buscar os responsáveis, enquanto Walcir Alegre afirma que “… quando assumimos já estava tudo daquele jeito.”. Então …..

As águas vão rolar.

As “paredes murmurantes”, tanto do prédio da câmara, como do Palácio Tiradentes, que conhecem bem o problema, garantem que essa história dos estacionamentos públicos ainda tem muita “água para passar embaixo da ponte”.


3 responses so far

jun 21 2017

FRASES DE LENIN – 1870/1924.

Published by under Jornalismo

FRASES_AZUL

LENIN

A consciência do homem não apenas reflete o mundo objetivo, sendo, também, sua criadora.

É preciso sonhar, mas com a condição de crer em nosso sonho, de observar com atenção a vida real, de confrontar a observação com nosso sonho, de realizar escrupulosamente nossas fantasias. Sonhos: acredite neles.

A luta de classes é a base e a força motriz de todo o desenvolvimento.

Os capitalistas chamam “liberdade” a dos ricos de enriquecer e a dos operários para morrer de fome. Os capitalistas chamam liberdade de imprensa a compra dela pelos ricos, servindo-se da riqueza para fabricar e falsificar a opinião pública…

Você se torna um comunista quando enriquece sua mente com todos os tesouros criados pela humanidade.

Todas as maravilhas da ciência e as conquistas da cultura pertencem à Nação como um todo.


No responses yet

jun 21 2017

CALENDÁRIO DE SHOWS DE TAZ

Published by under Jornalismo

TAZ


No responses yet

jun 21 2017

LIBERDADE PARA RAFAEL BRAGA. – Anistia Internacional.

Published by under Jornalismo

RAFAEL-BRAGA

LIBERDADE PARA RAFAEL BRAGA.

Anistia Internacional

Em 20 de junho de 2013, há exatamente 4 anos, Rafael Braga, jovem, negro e na época morador de rua, foi preso após protestos ocorridos no Rio de Janeiro e em seguida condenado a 5 anos de prisão pelo crime de “porte de artefato explosivo ou incendiário sem autorização”. O laudo pericial do caso concluiu que os produtos químicos em seu poder NÃO poderiam ser usados como explosivos, mas o tribunal desconsiderou esta informação para chegar ao veredito.
Em setembro de 2015, Rafael Braga foi autorizado a trabalhar fora da prisão e a cumprir pena domiciliar. Mas, em janeiro de 2016, ele foi novamente preso com acusações baseadas em um flagrante forjado de tráfico de drogas. A única prova apresentada contra ele no tribunal foi a declaração de um policial militar. Desta vez, Rafael Braga foi sentenciado a 11 anos e 3 meses de prisão. A Anistia Internacional acompanha o caso desde 2013.
Na próxima quinta-feira (22), às 17h, a Campanha Nacional pela Pela Liberdade de Rafael Braga Vieira realiza um ATO em frente ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Participe! Acompanhe a página da campanha para saber como apoiar essa luta > http://bit.ly/2rNU445
O caso está documentado nos relatórios “Eles usam uma estratégia de medo” (http://bit.ly/1Sx0nMU) e “A violência não faz parte desse jogo!” (http://bit.ly/2tpBTyu).


No responses yet

jun 21 2017

SARAU REVIRA – VOLTA AGITA CABO FRIO.

Published by under Jornalismo

SARAU-1

SARAU-2

SARAU-3

SARAU REVIRA – VOLTA AGITA CABO FRIO.

O primeiro Sarau Revira – Volta cumpriu o que foi prometido. O verbo com sua ação movimentou a noite e fez as pessoas sair do seu eixo, da sua normalidade e recitarem poemas, pensamentos e ideias, delas e de pessoas nas quais elas tinham como referência.
A cada rodada, o animo e a possibilidade das pessoas preenchiam o espaço, o bar do Nicola, com disposição, trocas sinceras, sorrisos e reflexão.
Mês que vem, o Sarau será dia 31, comemorando o aniversário de Don Rubens Nicola Gagliardi Junior e aqui do Fábio Emecê.
Quem não veio nesse, vem no próximo.
Não vai se arrepender!

 


No responses yet

jun 21 2017

A MÍDIA OBEDIENTE.

Published by under Jornalismo

MIDIA-3


No responses yet

jun 21 2017

JANIO, LÍVIA E JOSÉ BONIFÁCIO.

Published by under Jornalismo

JANIO-LIVIA-JB

JANIO EM ARARUAMA

O deputado Janio Mendes (PDT) em encontro político, em Araruama com a prefeita Lívia de Chiquinho. Janio estava acompanhado do ex-prefeito de Cabo Frio José Bonifácio. O deputado trabalhista tem trabalhado intensamente na construção e solidificação do partido, na Região dos Lagos, nesse ano pré-eleitoral.


No responses yet

jun 21 2017

REDE RIO ASTRONOMIA E PROJETO ASTRONOMIA NO MUSEU

Published by under Jornalismo

ASTRONOMIA


No responses yet

jun 21 2017

“VEGETARIANISMO: SAÚDE E SUSTENTABILIDADE”

Published by under Jornalismo

IVA-1

 “VEGETARIANISMO: SAÚDE E SUSTENTABILIDADE”

“Vegetarianismo: Saúde e Sustentabilidade” com Monica Bull no Rio de Janeiro.

Mais que uma opção alimentar, o vegetarianismo é uma filosofia de vida sustentável. Proporciona melhorias na saúde humana e gera impactos sociais e ambientais positivos. Para mostrar os benefícios desse estilo de vida, a Eco Chef Mônica Bull, sócia-proprietária do Cereall Gourmet em Cabo Frio, vai abordar nesta quarta (21/6), no Rio de Janeiro, o tema “Vegetarianismo: saúde e sustentabilidade”. A palestra está marcada para às 15h, dentro da Semana de Meio Ambiente na Marina da Glória; e no coração de Ipanema, às 19h30, no Restaurante Spazziano, braço gastronômico do Spa Maria Bonita, da atriz Tânia Alves (dentro do Hotel Flat Bech). É preciso disseminar cada vez mais o conhecimento de que a alimentação está diretamente ligada à preservação e o comprometimento com a natureza. Os índices são alarmantes. A criação de animais, por exemplo, é um grande fator de impacto ambiental: 70% dos grãos plantados nos EUA são usados para alimentar os animais, e não o ser humano. A Eco Chef Mônica Bull trás na bagagem, 30 anos dedicados a pesquisa e alquimia dos sabores de ervas e especiarias, e acredita ser essencial uma postura sustentável, ecológica e que resgate hábitos alimentares tradicionais. A semana do Meio Ambiente é organizada pela BR Marinas, na Marina da Glória. O espaço recebe uma série de palestras, oficinas e exposições, em parceria com o INEA, a Polícia Florestal, a UERJ, a UFRJ, a UFF, o Jardim Botânico, entre outros. Já o Spa Maria Bonita trabalha um novo conceito de emagrecimento e beleza estética, resultado de uma abordagem integrada do ser. O Restaurante Spazziano fica à Rua Prudente de Morais, 729, Ipanema – RJ. Tudo haver com a filosofia e missão do Cereall Gourmet Restaurante, que fica à Rua José Bonifácio, 28, Centro, Cabo Frio. Telefone (22) 2629-6739.

 


No responses yet

jun 21 2017

REVISTA NOSSA TRIBO – José Correia Baptista.

Published by under Jornalismo

NOSSA-TRIBO


No responses yet

jun 21 2017

1ª MOSTRA QUINTAL DE TEATRO

Published by under Jornalismo

MOSTRA_QUINTAL_DE_TEATRO

SE-EU-FOSSE-IRACEMA

SE EU FOSSE IRACEMA em julho, no Teatro Quintal. Ingressos à venda na Sapataria Venutti, no Ipanema Mall, centro – Cabo Frio.


No responses yet

jun 21 2017

JORNAL DO TOTONHO

Published by under Jornalismo

JORNALDOTOTONHO_1


No responses yet

jun 20 2017

PREFEITURA NÃO TEM POLÍTICA SALARIAL.

Published by under Jornalismo

EDITORIAL_AZUL

SALARIO

São tantas idas e vindas da prefeitura de Cabo Frio, que se descobre algo, que obviamente toda a população deveria saber. Apesar de ter governado Cabo Frio durante oito anos e após ter sido eleito para mais um mandato a frente da prefeitura, Marquinhos Mendes (PMDB) e sua turma não tem política salarial para os funcionários públicos do município. É triste! É deprimente! Mas, infelizmente é a constatação dos que são obrigados a examinar o problema.

Por incrível que possa parecer foi justamente o atual prefeito, que, no final do seu segundo mandato estabeleceu o PCCR, mas não chegou a pagar sequer um mês de salários. O “velho morubixaba” entrou e logo veio com o papo furado, que não dava pra pagar e empurrou a banana para o “aluno rebelde” quatro anos depois. Assim estão os dois até hoje num jogo de empurra, que deveria ao menos envergonhá-los, mas que nada, a “cara de pau” e o “óleo de peroba” fazem parte da postura política de ambos.

O que nenhum dos dois tem a coragem de fazer é dar um basta no modelo político, que os levou ao poder a partir de 1997 pelo simples fato de que os dois só existem politicamente dentro desse modelo, que está arrebentando a cidade.


No responses yet

jun 20 2017

SE ARREPENDIMENTO MATASSE ……..

Published by under Jornalismo

HUMOR_AZUL

CHARGE-PANELA


No responses yet

jun 20 2017

TIA ZUZU E AS PERIPÉCIAS DO “FARINHA POUCA MEU PIRÃO PRIMEIRO”

Published by under Jornalismo

ZUZU

É preciso mudar!

A impressão que rola no meio político é que caso o prefeito Marquinhos Mendes (PMDB) e seu grupo político não entendam que é preciso mudar as suas práticas administrativas, tudo tende a piorar na prefeitura e para seus funcionários.

Questão de opção!

Até mesmo as lideranças sindicais que tem ajudado o governo, algumas desde o processo eleitoral de 2016, tendem a ser superadas dentro dos sindicatos caso a situação se agrave. Essas lideranças terão que optar entre trabalhar pelos funcionários ou servir ao governo.

A ver navios.

O que fazer com a grana do Fundo de Participação dos Municípios – FPM? A cada momento muda a posição e o discurso do prefeito e dos seus auxiliares mais próximos. Se os sindicatos, que representam os servidores não fizerem “pé firme” vão ficar a “ver navios”.

Mídia amiga com a prefeitura.

A cobertura que a “mídia amiga” ou “oficiosa” dá a questão do atraso do pagamento dos funcionários públicos de Cabo Frio é no mínimo tendenciosa. Sempre com um ar governamental, com textos macios, nos quais procuram justificar o injustificável e em geral reproduzindo, mesmo que discretamente, a posição da prefeitura.

Família!

MARQUINHO_MENDES1   RENATINHO-VIANNA

Marquinhos Mendes (PMDB) e Renatinho Vianna (PRB) continuam falando em “herança maldita”, mas deixam claro que não se prepararam para enfrentá-la. Apesar de serem de grupos políticos diferentes tem em comum uma família grande para carregar e enfrentar os olhares atentos do Ministério Público.

As relações políticas.

Em Arraial do Cabo, Marquinhos Mendes (PMDB) sempre foi ligado politicamente ao grupo do ex-prefeito Andinho, enquanto Renatinho Vianna (PRB), vinculou-se a Alair Corrêa (PP) através do seu pai, o ex-prefeito Renato Vianna. Quem sabe, Arraial do Cabo começa a dar contribuição mais efetiva ao grupo de Alair Corrêa, que anda a míngua?

Conversas políticas.

ADRIANO_5

O grupo ligado ao ex-vereador Adriano Moreno (REDE) continua na esperança de decisão judicial, que tire Marquinhos Mendes (PMDB) da prefeitura ainda neste ano de 2017. O grupo tem aumentado a constância de suas conversas com outras lideranças políticas da cidade. Afinal, 2018 é logo ali.

Operação tapa buracos.

JANIO-TAMOIOS

Tamoios (Cabo Frio), São Pedro da Aldeia, Iguaba Grande e Arraial do Cabo tem recebido a Operação Tapa Buracos do DER-RJ (Departamento de Estradas e Rodagens). A Operação Tapa Buracos é uma iniciativa do deputado trabalhista Janio Mendes (PDT), através de parcerias entre os municípios e o governo do estado.

Sem burocracia?

FABIOLA_BLEICKER_2

A secretária municipal de turismo Fabíola Bleicker tem se destacado em meio à pachorrenta administração de Marquinhos Mendes (PMDB), que inventou o lema governamental “farinha pouca meu pirão primeiro”. A secretária se movimenta bastante e parece não deixar que a lenta burocracia tome conta do seu “pedaço”.


One response so far

jun 20 2017

REVISTA NOSSA TRIBO – José Correia Baptista.

Published by under Jornalismo

NOSSA-TRIBO


No responses yet

jun 20 2017

EXIBIÇÃO DE “ANTES, O VERÃO” MARCA UM ANO DE CONHECINEMA

Published by under Jornalismo

UVA

EXIBIÇÃO DE “ANTES, O VERÃO” MARCA UM ANO DE CONHECINEMA

Cineclube exibe documentário cabofriense da década de 60 e propõe debate sobre memória

Há um ano, universitários loucos por cinema decidiram compartilhar com a comunidade sua paixão pela sétima arte. A ideia virou um cineclube – o ConheCinema -, que conta com exibições periódicas, seguidas de debate, que acontecem no auditório da Universidade Veiga de Almeida (UVA), em Cabo Frio. A sessão de aniversário, no dia 22 de junho, a partir das 14h, exibirá o filme “Antes, o verão” (1968), com direção de Gerson Tavares. O filme, que retrata Cabo Frio na década de 60 e foi censurado pela ditadura militar, é mais que oportuno para o debate desta edição, que tem a memória como tema. O documentarista Lucas Müller, da empresa Os 13 Filmes, é um dos convidados para o debate.

Os organizadores prometem surpresas no decorrer do evento, que contará com atividades culturais. Uma das novidades é o lançamento da lojinha do ConheCinema, com produtos personalizados, confeccionados pelos próprios organizadores. “Desde o começo, os fundadores suaram a camisa para o nome ConheCinema crescer e ele vem conquistado um público fiel cada vez maior”, destaca Rodrigo Cintra, aluno do 7º período de Jornalismo, um dos curadores do cineclube. O estudante lembra a edição de março, que teve público recorde de 130 pessoas.

O cineclube é uma iniciativa de alunos dos cursos de Comunicação Social e prioriza a exibição de filmes que estão fora da circulação comercial. O professor Daniel Paes, coordenador de Jornalismo, dá suporte à equipe desde o início do projeto. Orgulhoso, comemora o desenvolvimento da iniciativa. “Hoje, o ConheCinema é um grupo de trabalho e produção de conhecimento a partir do cinema”, reflete, citando que o projeto contribui para o fomento da cultura local, atraindo ativistas, produtores culturais e pessoas da comunidade, inclusive de outras cidades da Região dos Lagos. Outro ponto destacado pelo docente é a preparação para o mercado de trabalho, estimulada pela experiência concreta de executar todas as fases da organização de um evento.

As sessões do cineclube são gratuitas, abertas à comunidade, com direito à pipoca e sorteio de brindes. Saiba mais em https://www.facebook.com/ConheCinema/. 


No responses yet

Next »