jul 14 2017

CADERNO DE BÚZIOS

Published by at 5:15 under Jornalismo

BBB

Reintegração provisória.

Como a reintegração de André Granado (PMDB) ao cargo é considerada por muitos, provisória, alguns políticos do próprio governo, articulam formas de constituir hegemonia dentro da estrutura da prefeitura.

Entra e sai.

Não foi surpresa para muitos políticos buzianos a volta de André Granado (PMDB) a prefeitura. Esse entra e sai ainda vai continuar por um bom tempo até a correlação de forças dentro do município ficar consolidada.

Rumo a Alerj?

Apesar do intenso trabalho administrativo como prefeito interino, o vice-prefeito Henrique Gomes (PP) não descuida de sua carreira política. Alguns observadores garantem que é candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa.

O maior cabo eleitoral.

ANDRE-GRANADO-3   HENRIQUE_GOMES_2

A turma da gozação garante que se Henrique Gomes (PP) for mesmo candidato a deputado estadual o seu maior apoiador vai ser o prefeito André Granado (PMDB). Qual a razão de tamanha dedicação?

Mirinho

MIRINHO_BRAGA_8

O artigo de Mirinho Braga (PDT) publicado ontem aqui no Jornal do Totonho tocou fundo em boa parte dos buzianos, que atuam nas redes sociais da internet.

Não dá para comparar.

Embora o desgaste político do governo de André Granado (PMDB) seja cada vez mais evidente, não resta dúvida que o setor em que a população mais sente o peso da incompetência é o da saúde pública. Nesse setor, o governo de Mirinho Braga (PDT) dava um banho.

“Traulitada”

carlos-lacerda-foto-cor-300x203-cpia-cpia

O grupo, que os gozadores chamam de “Udenistas de Búzios”, que muitos chamam também de “Turma da Cancela”, em função de seu caráter elitista, acabou por levar uma “traulitada” com a decisão judicial que reintegrou André Granado (PMDB) a prefeitura.

“Caixa Preta”

caixa_preta_black_box_560_3

Caso a sociedade brasileira continue amorfa e sem reação, o país será governado pelos “homens de preto”, que se comportam como membros de uma casta acima da sociedade e a qual não dá satisfação. É preciso abrir, o quanto antes, a “caixa preta” do Judiciário.

Democracia sem voto, não existe.

Apesar de inúmeros erros e descaminhos os poderes da República, Executivo e Legislativo, são chancelados pelo que há de mais importante na democracia, o voto popular. Democracia sem voto não existe. É papo furado!

ARTIGOS_MOSTARDA

ESGOTO NA PRAIA OU NO MAR SERÁ COMBATIDO COM RIGOR PELA APARLI BÚZIOS E CHEGARÁ SEMPRE A JUSTIÇA FEDERAL.

As galerias de águas pluviais pertencem ao município, diferentemente da rede coletora de esgoto, essa pertence à Pro Lagos. Cabe ao município fiscalizar a sua parte e a Concessionária de Água e Esgoto a sua. O que não é mais tolerável é bombeamento de esgoto para o mar e que muitas das vezes de grande quantidade de efluente, criando-se a chamada língua negra nas nossas praias. A praia e o mar não são locais para o destino desse material. Por tais motivos, APARLI BÚZIOS vai protocolizar um requerimento junto a Secretaria Municipal de obras e Saneamento, com o “objetivo é saber quantos projetos foram aprovados para implantação de sistema de esgoto em condôminos, quais foram os responsáveis técnicos por cada projeto, bem como o endereço de cada empreendimento e número de processo”. Outro requerimento vai ser protocolizado junto a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, com o “objetivo é saber quantos imóveis estão com ligações instaladas nas redes pluviais e quantos foram notificados a desativá-las”. Quanto a Concessionária de Água e Esgoto – Pro Lagos, APARLI BÚZIOS que saber quantos imóveis estão devidamente ligados à rede coletora de esgoto. Acreditamos que esta companhia tenha o devido respeito ao meio ambiente. A única rede que pode lançar águas ao mar é a galeria para águas pluviais (água da chuva) e a responsabilidade em fiscalizar é da prefeitura e me parece que é da esfera da Secretaria do Meio Ambiente, diferentemente da aprovação de licença para construção de sistema de esgoto em condomínio, essa me parece ser da pasta de saneamento, (secretaria de obra e saneamento). APARLI BÚZIOS levará essas questões à esfera federal, pois, o esgoto vai à praia e ao mar e ninguém é responsável, todos são uns santinhos. Vamos combater essas irresponsabilidades e até mesmo as omissões na fiscalização.

MANOEL-EDUARDO-MARRECO -1

Manoel Eduardo da Silva – Presidente.


No responses yet

Comments RSS

Deixe uma resposta