fev 07 2018

NOTÍCIA & OPINIÃO

Published by at 5:20 under Jornalismo

ARI-5

Má educação no trânsito.

Todos creditam a balbúrdia no trânsito de nossa cidade, principalmente neste período do ano, aos turistas que aqui vêm. Aí eu pergunto: será que estão trazendo seus filhos para estudarem aqui em Cabo Frio? Três filas de carros estacionados na Rua Rui Barbosa ao lado do Colégio Sagrado Coração de Jesus. E isso faz tempo.

Para que servem os “verdinhos”?

VERDINHOS

Cachaça, vodka e outras “bebidas quentes” estão sendo vendidas para qualquer um por ambulantes e adolescentes no calçadão da Praia do Forte. Os “verdinhos”, que ficam parados em grupos conversando fiado, nada fazem.

Cabos eleitorais

Os “verdinhos” servem aos vereadores que fazem parte da bancada governista na câmara municipal. São “cabos eleitorais” de pouca monta em termos de votos, ao contrário de determinados pastores cujos privilégios tem sido bem maiores.

Botijões de gás e Carvão.

A fiscalização exercida pela prefeitura é de “morrer de rir”, ou seja, não existe. Botijões de gás e carvão continuam circulando nas areias da Praia do Forte, sem qualquer cerimônia. Os ambulantes e barraqueiros sabem exatamente quem manda ali, eles próprios. Portanto …

Transparência – 1.

Os leitores do Jornal do Totonho seguidamente têm enfatizado a necessidade do governo ser transparente e que hoje a transparência representa importante ganho político junto à opinião pública. O governo de Marquinhos Mendes (MDB) parece não dar a menor bola para os reclamos da sociedade.

Transparência – 2.

Quando o governo de Cabo Frio vai dar as explicações que a sociedade merece sobre o que teria acontecido no Departamento de Recursos Humanos da prefeitura e na autarquia Comsercaf? Até mesmo pelos nomes dos funcionários citados, cuja suspeição foi levantada, é necessária a transparência total.

É muito lero-lero.

O prefeito disse que nada sabia do que estava acontecendo. Nomeou o amigo, presidente do Ibascaf, Luis Carlos Gama, para ser o interventor na Comsercaf. Anunciou que demitiria todos os ocupantes de cargos comissionados, mas não saiu lista nenhuma. E na Polícia Federal, após duas horas, disse que o depoimento foi “quase um bate papo”.

A influência do PRB.

A influência do PRB de Crivella e Edir Macedo e outras figuras menos votadas da IURD é grande dentro do governo “farinha pouca meu pirão primeiro”. A coordenação política é feita pelo secretário municipal de desenvolvimento e planejamento, Cláudio Bastos e já capturou para seus quadros Aquiles Barreto e Luis Geraldo.

Fracasso.

O governo de Marquinhos Mendes (MDB) tem tido sorte com a ampliação do repasse dos royalties do petróleo e também da arrecadação dos tributos municipais. Mesmo assim não coloca em dia o salário dos servidores e muito menos dos direitos e não benefícios, que somam mais de 20 milhões de reais. O prefeito falastrão tem sido um fracasso no cumprimento das promessas.


No responses yet

Comments RSS

Deixe uma resposta