out 17 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO.

Published by at 5:18 under Jornalismo

Cartoon man typing at computer royalty free vector clipart from CoolClips.com

Aguardando as modulações.

As diversas forças políticas de Cabo Frio estão aguardando em suspense a decisão do STF a respeito das modulações. É mais uma palavra do linguajar jurídico, que nesses tempos modernos, circulam no país.

Adriano: muita esperança em assumir.

O ‘alairzismo, sem alair” sonha que a decisão do STF leve a posse imediata do 2º colocado nas eleições de outubro de 2016. O grupo em torno do médico ortopedista Adriano Moreno (REDE), o ex-vereador e ex-candidato a prefeito, que diz não ser político, está no auge da esperança.

Sumiço.

O empresário José Martins anda sumido dos principais pontos de encontro, no centro de Cabo Frio. O “rei da picanha”, entretanto, não para de articular, agora com bastante discrição para não se “queimar”.

Movimentação política.

O vereador Oséias Couto (PDT), tem sua base eleitoral no 2º Distrito e se movimenta no sentido de dar a sua região a importância que Tamoios quer ter no universo político cabofriense. O vereador quer aumentar sua área de influência política. A eleição antecipada para vice-presidente é parte deste objetivo.

Reclamações contra a Enel.

As reclamações contra a concessionária de fornecimento de energia elétrica, Enel, tomaram conta da cidade de Cabo Frio. O deputado Janio Mendes (PDT), na ausência de qualquer atitude do governo municipal, que permanece inerte, tomou a frente e já realizou até audiência pública na Alerj.

DNA do PMDB.

O governo de Marquinhos Mendes é muito semelhante ao do seu companheiro de partido, o PMDB, Michel Temer. Como a barra pesou para o seu lado, só pensa em sobreviver, a cidade que se lasque. É o DNA do PMDB.

O naco é grande.

É público e notório que é imensa a influência política do setor jurídico dentro do governo de Marquinhos Mendes (PMDB). Todos sabem que o governo caracterizado pela célebre frase “farinha pouca meu pirão primeiro” é fatiado pelos compromissos pré-eleitorais.

Será que “toma tenência”?

Não é para esquecer também a grande fatia dos “Cláudios”, tanto o Alencar, que tem sob seus cuidados a Comsercaf e o outro, o Bastos, que tem sob sua batuta a tal da “supersecretaria” de desenvolvimento. Cabo Frio espera apenas que o governo se adapte a linguagem popular e “tome tenência”.

Até quando?

Apesar das inúmeras empresas de segurança privada, a violência não para de crescer em Cabo Frio e chegou aos apartamentos da orla da Praia do Forte.


One response so far

Uma Resposta to “NOTÍCIA & OPINIÃO.”

  1. Pauloon 17 out 2017 at 11:04

    Caro totonho
    Depois de seus comentários os servidores e aposentados segue sem receber seus pagamentos e continua a farra das suplementações a consercaf, kd o mp?

Comments RSS

Deixe uma resposta