dez 05 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO.

Published by at 5:20 under Jornalismo

CHAPA1

CHAPA2

Eleição no ‘Rui Barbosa’.

O Colégio Municipal ‘Rui Barbosa’ elege sua nova direção, na sexta-feira, 8 de dezembro. Concorrem duas chapas: o voto é universal.

A esperança é a última que morre.

Causou um pequeno corre-corre a notícia que foi publicado o ‘transitado e julgado’ do prefeito Marquinho Mendes (PMDB), no famoso processo 101. As “andorinhas” ficaram um pouco mais alvoroçadas, cheias de esperança.

Escapando por pouco?

O prefeito Marquinhos Mendes (PMDB) tem escapado do severo julgamento da opinião pública em relação à prisão do presidente licenciado da Alerj, Jorge Picciani (PMDB). O prefeito de Cabo Frio é o principal aliado de Picciani, na Região dos Lagos.

Marquinhos se livrando do PMDB.

Não é por coincidência que o prefeito está querendo ver a legenda do PMDB pelas costas. Marquinhos Mendes que nunca deu bola para partido político está se encaminhando para o PRB e já mandou na frente um dos representantes da parentada, o presidente da câmara, Aquiles Barreto.

Politicagem barata.

Os vereadores da base governista tiveram péssimo papel nos últimos dias. Primeiro a pressão que fizeram junto à prefeitura para permitir o uso de bujões de gás, nas areias das praias de Cabo Frio. Segundo, o apoio aos diretores de escolas, que não apresentaram corretamente suas contas.

Escolas como “currais eleitorais”.

A Educação como sempre sofre na mão da politicagem barata, que usa as escolas como currais eleitorais e determinados diretores como cabos eleitorais. Falta respeito e principalmente trabalho por uma educação de qualidade.

Efetivos X Contratados

Prefeitos e vereadores adoram profissionais da educação contratados, porque além de receberem salários menores são obrigados a “beijar a mão” dos poderosos de plantão. Os contratados tem, evidentemente, maior dificuldade para reivindicarem seus direitos.

Banheiros públicos.

BANHEIROS

Os banheiros públicos continuam ser a vergonha de Cabo Frio. A prefeitura parece incapaz de resolver o problema. Que tal a ACIA tomar a frente? Afinal, os comerciantes deveriam ser os maiores interessados em dar conforto aos moradores da cidade e aos turistas.

 


One response so far

Uma Resposta to “NOTÍCIA & OPINIÃO.”

  1. Marcoson 05 dez 2017 at 12:22

    Os comerciantes locais não são obrigados a franquear seus banheiros aos público em geral, pelo que sei. Alguns municípios, o Rio de Janeiro, inclusive, têm legislação nesse sentido. Contudo, não acho justo infligir ao empresário mais um ônus quando o município não faz seu dever de casa.
    De igual forma, não há nada de errado em se cobrar pelo uso dos banheiros públicos. São estruturas que, para cumprirem seu propósito, necessitam de limpeza constante e reposição de descartáveis, além de vigilância, sob pena de se tornarem pontos para prática de sexo rápido, compra e consumo de drogas, etc…
    A ACIA pode e deve participar da solução, já que seus associados são beneficiários imediatos do turismo na região. Mas a dona do problema é a administração municipal.
    Ou todo mundo acha normal não se achar um mictório público minimamente limpo e disponível por aqui?

Comments RSS

Deixe uma resposta