jun 20 2018

O DEBATE NO PROGRAMA SIDNEI MARINHO

Published by at 5:19 under Jornalismo

NOTICIAS

01 – Fábio Neves, da Banca Exótica, além de ter feito uma boa pergunta aos candidatos, foi homenageado por todos. Está com tudo e não está prosa, como diz o velho ditado popular.

02 – A candidata Cristiane Fernandes (PSDB) apimentou o debate com as denúncias feitas contra ex-vereador Adriano Moreno (Rede), do qual foi vice, na eleição de 2016 e retirada em 2018.

03 – O candidato Leandro Cunha (Psol) tentou polarizar com o candidato da coligação PDT/PSB. Agressivo, não foi feliz. Foi ignorado por Rafael Peçanha, que optou por debater com Marquinhos Mendes (MDB) e Adriano Moreno (Rede).

04 – O grupo da Rede treinou melhor Adriano Moreno para esse debate e o candidato não ficou tão colado no decoreba. Entretanto, a canastrice do ex-prefeito Marquinhos Mendes (MDB) é imbatível. É muita cara de pau!

05 – A coordenação de Sidnei Marinho foi muito boa. Moderado e educado, com respeito por todos os candidatos. O programa e a TV Litoral News deram o show de jornalismo que Cabo Frio estava precisando.

 

 


One response so far

Uma Resposta to “O DEBATE NO PROGRAMA SIDNEI MARINHO”

  1. Marcoson 20 jun 2018 at 13:45

    De hoje até a eleição falta, de verdade, um dia. Quinta-feira. Sexta tem jogo da seleção e dificilmente algo importante será decidido.
    Não me importaria de ver o retratinho de MM na urna eletrônica se isso fosse resultado de decisão da justiça competente. Guardaria meus pensamentos e no domingo votaria de acordo com minhas convicções. Fim de papo.
    Porém o que levará nosso ex prefeito às urnas não será nenhuma decisão controversa ou irrepreensível de um respeitado tribunal.
    Inércia. Tão somente. Decorrido o prazo, a estampa MM estará inseminada em nossas modernas urnas eletrônicas qualquer que seja o entendimento do tribunal.
    Quem sou eu para questionar os porquês da Justiça Eleitoral. Mas posso lamentar os resultados práticos.
    Começo a sofrer de vergonha alheia.
    Sinto a vergonha que outros deveriam estar sentindo por não permitirem ao eleitor cabofriense uma eleição transparente e com candidatos legitimados legalmente.
    Vergonha por não saber como explicar uma situação dessas sem recorrer a palavras pouco lisonjeiras ou rudes.
    MM disputando eleição com registro pendente…
    Mas isso não foi em 2016?

Comments RSS

Deixe uma resposta