jun 18 2018

OMISSÃO INACEITÁVEL.

Published by at 5:17 under Jornalismo

1

OMISSÃO INACEITÁVEL.

Está certo que a campanha é de “tiro curto”, ou seja, campanha rápida para uma eleição que está logo ali, em 24 de junho. Nada, porém, justifica que apenas o candidato Rafael Peçanha tenha abordado a ‘Operação Basura’, da Polícia Federal, os ‘Escândalos da Comsercaf’ e dos salários opulentos e ilegais, no Departamento de Recursos Humanos da prefeitura de Cabo Frio. O restante dos candidatos, a começar pelo ex-prefeito Marquinhos Mendes (MDB), sequer tocaram em questões tão graves.


No responses yet

Comments RSS

Deixe uma resposta