out 05 2017

BRINQUEDOS ATÔMICOS.

Published by under Jornalismo

CHARGE1


No responses yet

out 05 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO.

Published by under Jornalismo

Cartoon man typing at computer royalty free vector clipart from CoolClips.com

Marquinhos nem poderia ter sido candidato.

MARQUINHO_MENDES_13

A decisão do STF, no fim da tarde de ontem, quarta-feira, ampliando a punibilidade da Lei da Ficha Limpa para oito anos, permitindo sua retroatividade complicou a vida política de Marquinhos Mendes (PMDB). Nesse caso, Marquinhos não poderia ter registrado a sua candidatura a prefeito de Cabo Frio e consequentemente ter concorrido nas últimas eleições.

Logo, logo novas eleições?

Hoje o STF decide se será imediata a aplicação da decisão, que foi vitoriosa por 6 X 5, no fim da tarde de ontem. Tudo leva a crer que Cabo Frio terá novas eleições, o que poderá gerar novas arrumações político-partidárias, principalmente no campo da oposição, aumentando suas alternativas, inclusive pela adesão de muita gente que teme perder contratos e portarias.

Tese descabida.

Observadores jurídicos e políticos da oposição afirmam que é inteiramente descabida a tese de que o prefeito Marquinhos Mendes (PMDB) apeado do poder poderia disputar a eleição. Primeiro que não é nova eleição, mas a continuidade da outra: o eleito estará completando o mandato de alguém retirado do poder por decisão judicial. Seria ilegal e de uma incoerência extrema, ele poder ser candidato.

Tentando manter o grupo unido.

As “paredes murmurantes” do Palácio Tiradentes revelam o profundo constrangimento e temor que tomou conta do governo. A cantilena de que Marquinhos Mendes (PMDB) pode ser candidato é apenas uma jogada política para tentar manter o grupo unido e impedir as naturais defecções, que sempre ocorrem nesses casos.

Posse do 2º colocado?

adriano

Grupos da oposição ainda acreditam na possibilidade de não acontecer processo eleitoral caso Marquinhos Mendes (PMDB) seja obrigado a deixar a cadeira de prefeito. Esses grupos defendem a ideia da posse do segundo colocado o ex-vereador Adriano Moreno (REDE), porque a minirreforma liderada pelo então deputado Eduardo Cunha (PMDB) seria inconstitucional.

Discussões e debates.

O julgamento do STF gerou muitas discussões e debates na cidade. As bravatas foram substituídas por análises com mais serenidade. Afinal, no judiciário brasileiro tudo é possível, principalmente no momento atual vivido pelo país. O Brasil tem se precipitado em abismo da ilegalidade, no atentado a Constituição, desde o afastamento da presidenta Dilma Rousseff (PT).

Aliança ou disputa?

JANIO-COSTAAZUL

O deputado Janio Mendes (PDT) e o ex-vereador Adriano Moreno (REDE) têm conversado até com assiduidade, mas pelo que se sabe ainda não fecharam acordo político. Existe ainda a possibilidade de entrarem numa possível eleição, batendo chapa, o que tornaria o universo eleitoral ainda mais complicado.

Rafael & Oséias.

OSEIAS-RAFAEL

Correntes de opinião, refletindo sobre o imenso desgaste do governo de Marquinhos Mendes (PMDB), defendem que o PDT lance uma chapa “puro sangue”, formada pelos vereadores Rafael Peçanha e Oséias Couto. Segundo esses grupos progressistas uma chapa dessa natureza refletiria o verdadeiro sentido da oposição em Cabo Frio.

Qual será a nova cara do PSOL?

O PSOL elege sua nova executiva em 22 de outubro dentro de um quadro político eleitoral bem diverso do que enfrentou no ano passado. Como Cláudio Leitão garante que não quer participar da nova executiva resta saber qual será a formatação ideológica do partido no município.

 


3 responses so far

out 05 2017

REVISTA NÁUTICO CONVÉS.

Published by under Jornalismo

CONVES


No responses yet

out 05 2017

DESASTRES NATURAIS – Mario Flavio Moreira (*)

Published by under Jornalismo

ARTIGOS_BORDO

MARIO

DESASTRES NATURAIS

Mario Flavio Moreira (*)

Os desastres naturais representam um conjunto de fenômenos que fazem parte da geodinâmica terrestre, portanto da natureza do planeta. Quando ocorrem podem trazer consequências catastróficas para o ser humano e por mais que a tecnologia na área seja avançada, muitos desastres naturais são imprevisíveis. Segundo alguns especialistas, muitos desastres têm ocorrido porque o planeta Terra está sofrendo cada vez mais com o aquecimento global e o efeito estufa, o que leva ao aumento dos desastres naturais, ocasionados pelo desiquilíbrio da natureza. Furacões Os furacões são as tempestades mais fortes e violentas da Terra. Se por um lado eles são fenômenos naturais curiosos e — diriam alguns — bonitos, eles também causam grande destruição e até mesmo mortes por onde passam. Recentemente, o furacão Irma um ciclone tropical que, dentre várias regiões, atingiu o estado da Flórida, nos Estados Unidos, na qualidade de grande furacão. Mas como os furacões se formam?

MF-1

Os furacões se formam de maneira semelhante às chuvas, ou seja, com a evaporação de uma massa de água aquecida pelo sol. Entretanto, eles diferem no tamanho e na região em que acontecem: o ar quente que forma os furacões vem dos oceanos próximos à Linha do Equador, famosos por suas águas quentes (acima de 27 ºC) e ventos tranquilos. Assim, o ar aquecido sobe do oceano para o céu, deixando a região próxima à superfície do mar com menos pressão. Isso faz com que o ar frio ao redor daquela área, que possui uma pressão maior, invada o espaço recém-desocupado. Com isso, o ar frio também acaba se aquecendo e, consequentemente, subindo aos céus em movimentos circulares. À medida que o ar quente sobe, o ar ao seu redor continua ocupando o espaço de baixa pressão. No céu, o ar quente esfria e, junto com a água que ele contém, transforma-se em nuvem. Assim, um sistema completo de nuvens e ar em movimento acaba se formando, sempre alimentado pelo calor do oceano e pela água que evapora da superfície. Na terra, o furacão perde forças Quando essa tempestade começa a girar cada vez mais rapidamente, acaba sendo criado o que ficou conhecido por “olho do furacão”, uma espécie de espaço bastante calmo localizado bem no meio da tempestade. Essa região possui pressão atmosférica baixa e, portanto, o ar com pressão maior tende a subir e a descer por esse “canal”. Quando os ventos formados no sistema descrito acima atingem a velocidade de 62 km/h, o fenômeno natural é considerado uma tempestade tropical. Porém, se a força da tempestade aumenta e os ventos atingem 120 km/h, a tempestade se transforma em um ciclone tropical. Seja qual for o caso, o fenômeno tende a perder forças assim que atinge o solo terrestre, já que não possui mais uma grande massa de água quente alimentando-o. Furacão, tufão, ciclone ou tornado? Há uma razão muito simples para confundir furacões com tufões ou ciclones: no fundo, são todos o mesmo fenômeno natural, porém o nome muda de acordo com o local onde ele se forma. Se as tempestades ocorrem no oceano Atlântico ou no nordeste do Pacífico, elas recebem o nome de furacão.

MF-2

Caso o mesmo fenômeno seja constatado no noroeste do Pacífico, ele passa a ser considerado um tufão. Se ocorrer no Pacífico Sul ou no Oceano Índico, é chamado de ciclone. Já os tornados diferem de todos os outros por se formarem no continente, ou seja, em terra firme, e costumam ser menores que os furacões, porém podem ser bem mais destrutivos do que os equivalentes formados em alto-mar. Terremotos Os terremotos são formados a partir de fortes deslocamentos de placas gigantescas debaixo da terra (placas tectônicas). Quando isso ocorre, a energia que estava acumulada no local é liberada sob forma de ondas elásticas. Elas se espalham em todas as direções, fazendo a terra tremer. Cerca de 90% dos tremores ocorrem ao longo das linhas de colisão entre as placas tectônicas, que passam por vários países. A linha de colisão entre as placas dos oceanos Atlântico e Pacífico percorre toda a costa oeste das Américas do Norte, Central e Sul. Portanto, os países que ficam ao longo dessas falhas, como Estados Unidos, México, Guatemala, Nicarágua, El Salvador, Peru e Chile, têm recebido ao longo dos anos os mais devastadores terremotos de que se tem registro no continente americano. Brasil, Argentina, Uruguai e a costa leste dos EUA dificilmente têm terremotos justamente porque estão localizados no meio da placa do Atlântico, cuja borda leste está enterrada no meio do oceano.

(*) Biólogo e Consultor Ambiental.


No responses yet

out 05 2017

BÚZIOS – Sérgio Quissak.

Published by under Jornalismo

SERGIO


No responses yet

out 04 2017

FMI

Published by under Jornalismo

CHARGE


No responses yet

out 04 2017

SÃO PEDRO DA SERRA – Sérgio Quissak.

Published by under Jornalismo

SAOPEDRODASERRA


No responses yet

out 04 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO

Published by under Jornalismo

Cartoon man typing at computer royalty free vector clipart from CoolClips.com

Bravatas? Nem tanto …

Independente do resultado da votação de hoje no STF, o julgamento da retroatividade ou não da punibilidade da Lei da Ficha Limpa serviu para dar mais humildade aos defensores do governo de Marquinhos Mendes (PMDB). A turma deixou de lado as bravatas e passou a se preocupar mais um pouco com a Lei.

Tudo pode acontecer.

STF-2

O placar no Supremo está 5 X 3 pela extensão da punição para oito anos. Ainda não votaram o conservador Celso de Mello, Marco Aurélio e a presidente Carmen Lúcia, que não entendeu o sentido de afirmação dos direitos da mulher através da designação ‘presidenta’. Tudo pode acontecer inclusive à manutenção da impunidade.

Ficha limpa ou suja?

Tem passada desapercebida nessa discussão de 3 ou 8 anos a questão ética do enquadramento na Lei da Ficha Limpa. A extensão da punição interessa a quem não quer sair e aqueles que querem entrar, mas independente do tamanho da punição, Marquinhos Mendes (PMDB) foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Pode-se então concluir que o prefeito de Cabo Frio ficando ou não no cargo é ‘Ficha Suja’?

Mamãe eu quero é mamar!

FANTASMA

Na realidade, ninguém na prefeitura de Cabo Frio está preocupado se Marquinhos Mendes (PMDB) é ou não “ficha suja”. O que a turma teme perder é o contrato, o cargo comissionado (portaria) e as empreiteiras. A questão ética passa ao largo, bem longe mesmo.

Chacrinhas?

C

Os distintos vereadores da câmara municipal de Cabo Frio poderiam tentar explicar aos cidadãos contribuintes, porque a eleição da nova mesa diretora do legislativo foi antecipada. Os vereadores parecem discípulos de Chacrinha: “eu vim para confundir, não para explicar”.

Janio X Enel.

O deputado Janio Mendes (PDT) entrou com representação junto ao Ministério Público contra a concessionária de energia elétrica, ENEL. A prestação de serviços da empresa tem sido bastante criticada por toda a população e piora dia a dia, principalmente após a troca do controle acionário.

Falta de grana?

Apesar de muito discurso a prefeitura de Cabo Frio nem começou a ensaiar a recuperação dos pontos e monumentos históricos da cidade, que estão degradados. Enquanto isso as empresas de grande porte, que prestam serviços ao governo recebem milhões.

A farsa – 1.

O prefeito de Cabo Frio está provocando os servidores, especialmente o Sepe Lagos, chamando a greve para desgastar o sindicato e indispô-lo com a opinião pública. O prefeito queria passar para a história como o político que “deu” o PCCR, plano de carreira, que foi fruto da luta dos trabalhadores.

A farsa – 2.

Marquinhos Mendes (PMDB) imaginou que a crise atingiria apenas o governo de Alair Corrêa (PP). Seus “gurus” não sacaram que a crise era do modelo, mais funda e estrutural. Como ganhou a eleição sonhou que poderia levar os sindicatos na conversa após a posse: não deu certo. A máscara caiu!


One response so far

out 04 2017

MINHAS DESVENTURAS COM PRISCILLA DOMITILLA – João Eduardo Novellino.

Published by under Jornalismo

DUDUNOVELLINO


No responses yet

out 04 2017

CRIMINALIZAÇÃO DA POLÍTICA – Vânia Siciliano Aieta.

Published by under Jornalismo

DICAS_BORDO

VANIA


No responses yet

out 04 2017

REVISTA NÁUTICO CONVÉS.

Published by under Jornalismo

CONVES


No responses yet

out 04 2017

NÔMADE ARTES GRÁFICAS

Published by under Jornalismo

NOMADE


No responses yet

out 03 2017

POIS É!!!!!!!

Published by under Jornalismo

CHARGE-5


No responses yet

out 03 2017

REVISTA NÁUTICO CONVÉS.

Published by under Jornalismo

CONVES


No responses yet

out 03 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO.

Published by under Jornalismo

Cartoon man typing at computer royalty free vector clipart from CoolClips.com

Decisão 4ª feira?

A oposição, formada pelos grupos de Janio Mendes (PDT) e Adriano Moreno (REDE) aguarda a decisão do STF sobre a extensão da punibilidade da Lei da Ficha Limpa. O Supremo deve retornar a votação na quarta-feira e a votação está em 5 X 3 pela retroatividade e punição com 8 anos.

De ouvidos atentos.

As “paredes murmurantes” do Palácio Tiradentes reverberaram que, mesmo dentro da prefeitura, há gente que não acredita que apeado do cargo o prefeito Marquinhos Mendes (PMDB) possa disputar a eleição estabelecida pela justiça eleitoral.

A mesma eleição.

MARQUINHO_MENDES7

Segundo as reverberações das “paredes murmurantes” a interpretação de que Marquinhos poderia disputar, porque se trata de nova eleição, é inteiramente descabida, porque se eleições acontecerem elas serão complemento e continuidade do mesmo pleito. Afinal, o eleito irá completar o mandato do atual prefeito, que no caso teria sido afastado do cargo.

Silas & Cunha.

Depois de uma frondosa aliança nas eleições de 2014 com Eduardo Cunha (PMDB), hoje preso em Curitiba, o deputado Silas Bento continua articulado com o PMDB, agora com Moreira Franco, o mais chegado auxiliar do presidente Michel Temer (PMDB).

Silas e os Maia.

SILAS-MOREIRAFRACO

Alguns observadores políticos dizem que Silas Bento, hoje no PSDB, está de malas prontas para o PRB, o partido da Igreja Universal, liderado na região pelo secretário municipal de desenvolvimento de Cabo Frio, Cláudio Bastos. Outros, entretanto, garantem que Silas vai para o DEM apoiar a candidatura de César Maia ao governo do estado.

Pegou muito mal.

O vereador Aquiles Barreto (SD) imaginou ter conquistado alguns votos intermediando a conversa dos comerciantes da Avenida 13 de Novembro e ruas Meira Júnior e Ismar Gomes, com o prefeito e secretários. Seus cabos eleitorais deveriam ter lembrado que os moradores e mesmo os que passam por ali repudiam a desordem que ali se instalou. Dar cobertura ao que acontece naquela região é perder votos e prestígio.

Acordão?

A eleição de Luís Geraldo (PRB) para futuramente presidir a câmara de vereadores de Cabo Frio pode ter sido o acerto político que permitirá o lançamento do “grande irmão” a deputado federal, com o apoio dos diferentes segmentos, que fazem parte do governo de Marquinhos Mendes (PMDB).

A tinta acabou.

ALAIR_1

A chamada “mídia amiga” tem batido pesado e com frequência no ex-prefeito Alair Corrêa (PP). Engraçado que essa mesma mídia o elogiava diariamente e o considerava quase um Deus. Foi só sair do poder muito desgastado e perder aquela caneta cheia de tinta para o ex-prefeito apanhar justamente daqueles que meses atrás o elogiavam com fartura.

Na maior civilidade.

Na tarde de ontem o Café per Tutti, no centro de Cabo Frio o debate político reuniu Janio Mendes, José Américo Trindade (Babade), Flávio Pessanha, José Sette, Felipe Monteiro, Wilmar Monteiro. Duca Monteiro e Cláudio Leitão. Bem que poderia ter saído faísca, mas foi tudo bem, na maior civilidade.

Instinto de sobrevivência.

Como a situação do governo “farinha pouca meu pirão primeiro” é muito delicada, sob qualquer ângulo a ser examinado, tem gente já acenando para a oposição. É o tal do instinto de sobrevivência típico do ser humano.

 


No responses yet

out 03 2017

MINHAS DESVENTURAS COM PRISCILLA DOMITILLA – João Eduardo Ferreira Novellino.

Published by under Jornalismo

DUDUNOVELLINO


No responses yet

out 03 2017

CAFÉ CULTURAL

Published by under Jornalismo

IVA1


No responses yet

out 02 2017

AMOSTRA GRÁTIS.

Published by under Jornalismo

CHARGE-7


No responses yet

out 02 2017

CANOA – Antônio Ângelo Trindade Marques.

Published by under Jornalismo

FOTOS_BORDO

GALA2


No responses yet

out 02 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO.

Published by under Jornalismo

Cartoon man typing at computer royalty free vector clipart from CoolClips.com

Apenas um voto.

Faltam três votos para encerrar a votação que define se a punibilidade para os incursos na Lei da Ficha Limpa pode retroagir ou não. Quando a sessão do STF foi suspensa o placar estava 5 X 3 a favor da retroatividade para oito anos. Sendo assim, com mais um foto a favor vence a retroatividade.

Grande reunião.

O governo de Marquinhos Mendes (PMDB) bem que tenta aparentar tranquilidade, mas o nervosismo está no ar. Na Rua da Árvore, no Portinho, foi realizada uma grande reunião entre agentes políticos e jurídicos onde o assunto da Lei da Ficha Limpa foi discutido a exaustão.

A que ponto Cabo Frio chegou.

MARQUINHO_MENDES_14

O grupo político-jurídico debate se o prefeito foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa com três anos e se essa punição pode ser ampliada para oito anos. Caro leitor, repare bem que não se discute se o prefeito foi enquadrado ou não na Lei da Ficha Limpa, o que o tornaria um “ficha suja”, mas sim a extensão da punição. Isso não lhe diz nada?

Janio: punição ao racismo.

JANIO-COSTAAZUL

Além das conversações políticas dentro de Cabo Frio, Janio (PDT) tem feito intenso trabalho em toda a Região dos Lagos e municípios adjacentes. O deputado tem dado ênfase às questões ligadas à segurança pública e a cidadania. A lei, de sua autoria, que pune o racismo no futebol, teve grande repercussão junto aos movimentos que lutam contra todas as formas de discriminação.

Essa é a questão!

O governo de Marquinhos Mendes (PMDB) se especializou em “empurrar com a barriga” os problemas, porque não quer tocar na questão central: o modelo gerado em 1997, criado por Alair e ele, no auge dos royalties do petróleo. O modelo se esgotou, mas mexer nele significa perder sua base política. Essa é a questão!

Para de enrolar e cumpra o PCCR.

A questão da relação entre a secretaria de educação e o Sepe Lagos não terá solução enquanto a prefeitura não cumprir o PCCR, parar de enrolar e pagar o que deve. Importante o prefeito, o secretário ou o que quer que seja, que quem deve não é o antecessor ou o atual, mas a prefeitura.

Vai pagar o pato sozinho?

ALAIR_12

A justiça decidiu acatar denúncia do MPE-RJ contra o ex-prefeito Alair Corrêa (PP) por improbidade administrativa. Motivo: o ex-prefeito teria contratado muito mais gente que a capacidade do município em pagar. Como o modelo político-administrativo montado por Marquinhos Mendes (PMDB) é muito semelhante ao de Alair, à pergunta é: sobra só para o ex-prefeito?

Felipe Monteiro: novo dirigente do PC do B.

FELIPE_MONTEIRO

O PC do B está se reorganizando em Cabo Frio, abrindo espaço para novas lideranças. O histórico militante Carlos Quintão deixou a direção do partido substituído por Felipe Monteiro, que foi candidato a vereador com expressiva votação.

Eleição no PSOL.

Confirmado! O PSOL de Cabo Frio vai eleger sua nova direção municipal dia 22 de outubro, a partir das 15 horas, no auditório da Padaria Remmar. Disputam a hegemonia no partido as correntes lideradas pelo cineasta Lucas Müller e pela professora Denise Teixeira.

Falta vergonha e informação.

Nas redes sociais da Internet observa-se o esforço do governo de Marquinhos Mendes (PMDB) para “queimar” o Sepe, indispondo o sindicato com a sociedade e a própria categoria. Gente que tem vantagens ou pensa em obtê-las presta este serviço. Essa gente deveria ter vergonha, porque todas as conquistas que os profissionais da educação tiveram ao longo dos anos aconteceram por conta das lutas travadas pelo sindicato.

 


One response so far

out 02 2017

JORNAL NÁUTICO CONVÉS.

Published by under Jornalismo

CONVES


No responses yet

out 02 2017

CADERNO DE BÚZIOS.

Published by under Jornalismo

BBB

Não acerta uma.

O governo de André Granado (PMDB) bem que tenta, mas não acerta uma. Armou um esquema com sirenes, aparato policial, fechou a rua em plena sexta-feira, além de convocar todos os funcionários da prefeitura para o evento da inauguração do “centro de monitoramento”.

Parafernália.

Toda essa parafernália e mobilização para inaugurar seis dúzias de câmeras para o centro da cidade, pela bagatela que beira os 40mil reais por mês. Essa conta, evidentemente, quem paga é o cidadão contribuinte de Búzios.

Turismo – 1.

Depois de “desmaiar” em plenário, ter pique de pressão arterial, declarar nas redes sociais que faria uma cirurgia bariátrica e, em consequência do suposto problema de saúde, pedir licença médica na Câmara de Vereadores, o vereador Dom não está conseguindo parar.

Turismo – 2.

Essa semana, acompanhado do vereador Nobre, foi a Brasília, visitou o congresso nacional, tirou fotos com Bolsonaro, contou piadas para Tiririca, discutiu futebol com Romário. Faltou apenas pedir uma audiência a Temer, com o qual certamente trocaria elogios.

Quanto custou?

A pergunta que fica é: quanto o poder legislativo de Búzios gastou, em diárias, com a viagem. Afinal, todo esse périplo é bancado por dinheiro público, isto é, pelo cidadão que pena trabalhando para pagar os impostos e sustentar a todos.

Padrinho

Já se preparando para assumir a Secretaria de Ordem Publica (prêmio por ter votado contra o impeachment de André Granado), o vereador Dom se reuniu semana passada com o empresário Nani Mancini, discutiam e planejavam ações para o próximo verão. Tem sentido, o empresário é especialista em segurança pública.


No responses yet

out 02 2017

BÚZIOS – Sérgio Quissak.

Published by under Jornalismo

SERGIO


No responses yet

set 29 2017

COMUNICADO

Published by under Jornalismo

COMUNICADO

O Jornal do Totonho comunica aos seus leitores e anunciantes que a partir de 1º de outubro o Departamento Comercial vai atender no telefone (22) 99942-8778 (whatsapp).


No responses yet

set 29 2017

CARDÁPIO COMPLETO.

Published by under Jornalismo

CHARGE-6


No responses yet

set 29 2017

VELAS AO VENTO – Antônio Ângelo Trindade Marques.

Published by under Jornalismo

FOTOS_VERMELHO

GALA1'


No responses yet

set 29 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO

Published by under Jornalismo

Cartoon man typing at computer royalty free vector clipart from CoolClips.com

Luis Geraldo é mais uma vez presidente.

LUIS_GERALDO_3

Ontem, quinta-feira, foi realizada a eleição antecipada para presidente da câmara de vereadores. Como era previsto Luis Geraldo (PRB) foi eleito presidente, após o governo ter desarticulado o grupo, que tem sido chamado de “baixo clero”. O vereador do PDT de Tamoios, Oseias Couto foi eleito vice-presidente, Miguel Alencar (PPS) e Adeir Novaes (PRB), respectivamente 1º e 2º secretários.

Desistiu da federal?

O novo presidente só assume em 2019, após o encerramento do mandato de Aquiles Barreto (SD), que tem pretensões de se candidatar mais uma vez a Assembleia Legislativa. As “paredes murmurantes” do histórico prédio da câmara fizeram sentir que a eleição de Luis Geraldo (PRB) passou pela desistência da sua candidatura a câmara federal.

O dedo de Havengar?

Como Aquiles Barreto (SD) insiste em tentar uma cadeira na Assembleia Legislativa a sua dobradinha deve acontecer com Carlos Victor Mendes (Vivique). Em toda essa arrumação política, dentro do desgastado governo de Marquinhos Mendes (PMDB), certamente tem a ação do secretário Hélcio Azevedo.

Respiração suspensa.

O STF manteve o governo de Marquinhos Mendes (PMDB) com a respiração suspensa e os cabelos em pé. Não é para menos, deixou para a próxima quarta conclusão do julgamento sobre se a Lei da Ficha Limpa pode retroagir e estabelecer a punição de 8 anos. Caso esta posição seja vencedora Marquinhos Mendes (PMDB) fica em situação bastante delicada.

Decisão na 4ª feira.

STF1 STF2 STF3

Os ministros Luiz Fux, Fachin, Barroso, Rosa Weber e Dias Toffoli votaram a favor da lei retroagir, ou seja, 8 anos de inelegibilidade enquanto Alexandre Moraes, Gilmar Mendes e Levandovsky pela manutenção dos 3 anos. Faltam os votos de Carmen Lúcia, Celso de Mello e Marco Aurélio.

O cenário mudou.

Pela primeira vez a defesa jurídica de Marquinhos Mendes (PMDB), embora se diga tranquila, fala em diferentes opções para assegurar os direitos do seu cliente. É um novo cenário, antes considerado impossível. A cidade pode viver novas eleições e muito provavelmente sem a figura política do atual prefeito.

A oposição continua a conversar.

JANIO-MOVIMENTO-MULHERES   +   ADRIANO_MORENO

Não é por acaso que a oposição formada pelo deputado Janio Mendes (PDT) e pelo ex-vereador Adriano Moreno (REDE) tem conversado bastante. Os dois grupos sabem que se mais uma vez entrarem na disputa separados será muito difícil à vitória diante de um governo que já deu exemplos de usar toda a sua estrutura político-administrativa para se impor eleitoralmente.

Quebrar a hegemonia Alair/Marquinhos.

ALAIR-PERUCA-CARNAVAL   +   MM2

Algumas vozes da oposição dizem que a união é fundamental para que seja quebrada a cristalização da política cabofriense. Segundo esses analistas a união das diferentes vozes da oposição seria essencial para de uma vez por todas quebrar a hegemonia Alair/Marquinhos, que vigora em Cabo Frio há mais de 20 anos.

UPAM em Tamoios – 1.

UPAM

É preciso colocar uma força de segurança no 2º Distrito de Tamoios. Atualmente, as invasões se sucedem e o governo diz que tenta controlá-las. Caso exista vontade política, a repressão pode ser ágil e eficiente, afinal, existe em Cabo Frio a UPAM (Unidade de Polícia Ambiental).

UPAM em Tamoios – 2.

A área alvo de constantes invasões por grileiros é protegida através de legislação municipal, estadual e federal. A presença da UPAM pode ser o diferencial para garantir a fauna e a flora e as áreas constantemente invadidas. Está na hora de colocar na cadeia os que incentivam e organizam invasões em áreas de proteção ambiental.


2 responses so far

set 29 2017

JORNAL DO TOTONHO.

Published by under Jornalismo

JORNALDOTOTONHO_3


No responses yet

set 28 2017

MEDINDO FORÇAS

Published by under Jornalismo

CHARGE-8


No responses yet

set 28 2017

CANAL DO ITAJURU – CABO FRIO – RJ – 2014 – Antônio José Christovão Pinto.

Published by under Jornalismo

FOTOS_VERMELHO

FOTOS1

FOTOS2

FOTOS3

FOTOS4

FOTOS5


No responses yet

set 28 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO.

Published by under Jornalismo

Cartoon man typing at computer royalty free vector clipart from CoolClips.com

Marquinhos: postura lamentável.

MM-1

O prefeito Marquinhos Mendes (PMDB) por incrível que pareça ainda não pagou o mês de agosto a todo os profissionais da educação e o mês de setembro chega ao fim. Continua a não cumprir o plano de carreira que ele mesmo criou ao final do seu outro governo e descumpre o acordado judicialmente. É lamentável!

Passivo ético.

Mesmo com todo esse passivo ético, o prefeito de Cabo Frio ainda se atreve a querer ameaçar e pressionar os professores. Não poderia se esperar diferente de um prefeito que teve a audácia de dizer no primeiro dia desse governo a frase, que está marcando a sua administração: “farinha pouca meu pirão primeiro”.

Laura continua dando a linha.

A carga pesada de trabalho da secretaria de educação passa para Alessandro Teixeira, mas a principais linhas políticas e administrativas continuarão a ser dadas por Laura Barreto, em regime de trabalho mais ameno, sob o olhar risonho do presidente da câmara, Aquiles Barreto (SD) e a supervisão política do desgastado Marquinhos Mendes (PMDB).

Batendo de bico

O “supersecretário” Cláudio Bastos, o chefe do PRB, na Região dos Lagos e o ex-vereador Rui Machado, pai do vereador Rodolfo Machado, andaram batendo de bico. O estranhamento entre os dois poderia ter atrapalhado ainda mais a vida do prefeito Marquinhos Mendes (PMDB), na câmara.

Câmara: a folha cresce.

O projeto que diminuiu o número de assessores na câmara de oito para sete apresenta algumas curiosidades, se é que podemos chamá-las assim: aumento do salário do chefe de gabinete de cada vereador para 6.600 reais e no conjunto da folha de pagamentos acréscimo de 80 mil reais. O cidadão contribuinte agradece.

Politicagem corre solta.

Existem duas áreas, que deveriam ser isentas de politicagem: educação e saúde. São justamente os setores onde os vereadores e cabos eleitorais de toda a espécie, mas se intrometem. Na prefeitura de Cabo Frio notabilizam-se os vereadores Aquiles Barreto (SD) e Jefferson Vidal (PSC), na educação e saúde, respectivamente.

Entre o rochedo e o mar.

CLESIO

Conciso e discreto o secretário municipal de fazenda, Clésio Guimarães Faria, acabou como o marisco naquela velha história da luta entre o rochedo e o mar. O Ministério Público (MP) fez a intervenção informal e retirou da secretaria da fazenda e passou à educação a gestão dos recursos do FUNDEB. Clésio não gostou nem um pouco.

Lei da Ficha Limpa na espera.

stf

O STF terminou de examinar e votar a questão do ensino religioso e começou a discutir a idade mínima do ensino fundamental. Essa questão também não estava na pauta, mas o Supremo não seguiu a ordem que estava publicada na internet. A extensão de 3 para 8 anos da Lei de Ficha Limpa deve ser a próxima.

A presidência da câmara e outras.

LUIS_GERALDO   RICARDO-MARTINS-2

Enquanto a cidade enfrenta problemas seríssimos os distintos vereadores através de um projeto de resolução anteciparam as eleições para a presidência do legislativo municipal. A princípio aparecem dois candidatos: Luís Geraldo (PRB) e Ricardo Martins (SD). Luís Geraldo pela base governista e Ricardo Martins, que de oposição também não é. Luís Geraldo, certamente dará menos dor de cabeça ao governo e como presidente deve renunciar a pretensão de ser deputado federal. O “grande irmão” adoraria.


One response so far

set 28 2017

WALTER LOPES E BANDA – MÚSICA NO CONVENTO.

Published by under Jornalismo

MART


No responses yet

set 28 2017

CADERNO DE BÚZIOS.

Published by under Jornalismo

BBB

Caindo pela tabela.

O governo de André Granado (PMDB) continua caindo pela tabela, com grande desgaste junto à população. Segundo observadores da política buziana, os vereadores da bancada governista terão muita dificuldade para a reeleição.

Expectativa fracassada.

Havia na população muita expectativa para o impeachment do prefeito André Granado (PMDB). O fracasso do impeachment com a mudança de posição de vereadores, que dias antes falavam a favor da cassação de André, repercutiu muito mal junto à população.

Imagem desgastada.

A imagem da câmara, que não era boa, ficou ainda mais desgastada no município e se continuar assim a renovação para o próximo mandato pode ser total, o que não significa melhoria na qualidade da produção legislativa.

Má gestão.

Em Búzios, além da questão da segurança, a crise da saúde pública gerada pela má gestão do governo André Granado (PMDB), vai ser fator importante na eleição. Os candidatos que se preparem para as exigências da população.

Tirando “casquinha”.

HOSPITAL

Não foi por acaso que a bancada governista tentou tirar uma “casquinha” na reabertura do Hospital Roberto Perissé. Desgastados ao extremo os vereadores governistas viram na reabertura do hospital a oportunidade de cativar uns votinhos.

Insegurança pública.

A preocupação da população com a crescente violência, que atinge também as médias e pequenas cidades deve ser um componente importante nas eleições do próximo ano. Em Búzios não será diferente.

Centro de monitoramento.

PRACA

Com atraso, a prefeitura inaugura neste fim de semana o centro de monitoramento, com apenas 40 câmeras, embora a promessa fosse de 120, mas já é um avanço. Afinal, a violência cresceu geometricamente na cidade.

Áreas monitoradas.

A Praça Santos Dumont, a Rua das Pedras, a Rua Turíbio de Farias, o Pórtico e o Bairro São José serão as primeiras áreas monitoradas pelas câmeras de segurança. O que se espera é que a Guarda Municipal e a Polícia Militar estejam treinadas para utilizá-las.

SERGIO


No responses yet

set 27 2017

QUAL A DIFERENÇA?

Published by under Jornalismo

CHARGE-6


No responses yet

set 27 2017

PRAIA DO FORTE – Iva Maria Carvalhaes.

Published by under Jornalismo

FOTOS_VERMELHO

IVAMARIA


No responses yet

set 27 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO.

Published by under Jornalismo

Cartoon man typing at computer royalty free vector clipart from CoolClips.com

 

Na berlinda.

Hoje, quarta-feira, o STF (Supremo Tribunal Federal) decide se a punibilidade com base na Lei da Ficha Limpa pode ser ampliada ou não de 3 para 8 anos. Caso seja aprovada a extensão para 8 anos a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) se torna crucial para o prefeito Marquinhos Mendes (PMDB).

Novas eleições? 

JANIO-MOVIMENTO-MULHERES   ADRIANO_MORENO_1

A oposição, formada por diversos segmentos da sociedade e grupos políticos, acredita na possibilidade de Marquinhos Mendes (PMDB) ser obrigado a deixar a prefeitura. Nesse caso assumiria o presidente da câmara, que convocaria novas eleições.

 Alair de Marquinhos.

ALAIR-LANCHA

Com o desgaste de Marquinhos Mendes (PMDB) o ex-prefeito Alair Corrêa (PP) surge arengando, com o claro intuito de fracionar a oposição e direcionar o foco da discussão para a dupla de professor e aluno, que há mais de 20 anos governa a cidade.

Marquinhos de Alair.

MARQUINHO_MENDES12

Alair ajuda Marquinhos e este ajuda Alair, mantendo a cidade dentro do mesmo arco político de anos. São adversários mesmo? Então pede a Polícia Federal e ao Ministério Público uma profunda e rigorosa investigação para saber como uma cidade, que recebeu bilhões de reais em royalties do petróleo, conseguiu falir.

 Temeroso da derrota?

CARLOS_MAGNO_4

O advogado Carlos Magno, que defende Marquinhos Mendes (PMDB), afirmou na semana passada que está otimista e “tirou onda” dizendo que caso sejam convocadas novas eleições ele colocaria Marquinhos nessa nova disputa. Ora, uma nova disputa é admissão de possível derrota.

 Não deu!

LAURA_BARRETO_4   ALESSANDRO_TEIXEIRA_02

A troca de cargos entre Laura Barreto e Alessandro Teixeira é uma pequena rearrumação no governo, sem grande importância política e eleitoral. Laura aceitou o cargo de secretária, inicialmente com tempo determinado. Depois pensou em ampliar e ficar mais tempo. Não deu!

Presente.

O novo secretário municipal de educação, Alessandro Teixeira, praticamente acabou de formalizar seu casamento. O tempo vai dizer se a secretaria veio como um belo presente ou um presente de grego. O tempo vai dizer.

Laura continua na política.

Acredita-se que o acirramento das relações com o sindicato e as vacilações do governo tenham feito à professora, que é mãe do presidente da câmara, recuar. A ex-secretária de educação vai assessorar o novo secretário Alessandro Teixeira e continuar a fazer política.

PSOL elege nova executiva.

A eleição para a nova executiva do PSOL de Cabo Frio foi adiada para 22 de outubro. Cláudio Leitão, a mais importante liderança do partido disse que continua no partido, mas apenas como militante. O controle do partido está sendo disputado por duas correntes lideradas respectivamente pela professora Denise Teixeira e pelo cineasta Lucas Müller.

Desrespeito diário.

Na manhã de terça-feira, 26, um furgão anunciando morangos e abacaxis estacionou na esquina da Avenida Nilo Peçanha com Rua Rui Barbosa. O veículo bloqueou, na maior cara de pau, as rampas de acesso para cadeirantes e idosos. Ninguém fez nada, muito menos os bombeiros a apenas um pequeno quarteirão do local.


One response so far

set 27 2017

CADERNO DE BÚZIOS.

Published by under Jornalismo

BBB

Castigo!

Essa o blog ouviu, de um pescador, na Orla Bardot: “Nenhum Município elege André Granado, Henrique Gomes, Joice, Niltinho, Nobre, Dom e fica impune. A desgraça tem nomes e CPFs.

Rejeição na Internet.

As redes sociais da Internet, especialmente o Facebook, revelam o imenso desgaste do governo de André Granado (PMDB) me do seu esquema político de alianças formais e informais. Com exceção daqueles que possuem cargos comissionados, que são obrigados a pateticamente defender o prefeito, o restante dos internautas repreovam com dureza o governo, considerado, no mínimo, incompetente.

Boquinha?

O vereador Valmir Nobre anda agitado. No meio da negociação para ele votar contra o impeachment de André Granado, existe o compromisso do prefeito em fazer do filho dele, Junior Nobre, Secretário Municipal.

Búzios agradece!

O vereador do PRB, Valmir Nobre está percebendo que o governo de André Granado (PMDB) não quer cumprir o acordo político. Vê a ascensão lhe escapar entre os dedos. Búzios agradece!

Roendo as cordas.

Os vereadores que votaram contra impeachment de André Granado (PMDB) estão vendo a popularidade desabar, aumentando a rejeição popular, principalmente nos bairros onde possuem concentração do eleitorado. Os vereadores querem compensação política, mas até agora o governo vem “roendo as cordas”.

Reeleição.

Esses vereadores já de olho na reeleição percebem que na medida em que seus votos a favor de André Granado (PMDB) são divulgados entre o povão, a rejeição que sofrem nas ruas aumenta. Temem que qualquer possibilidade de reeleição desapareça por completo.

De saída

A vereadora Gladys Costa (PRB) está, estrategicamente, planejando sua saída do PRB. A vereadora tem sido a mais ácida crítica do governo de André Granado (PMDB).

Catetinho

Henrique Gomes (PP) voltou de Brasília. Fez turismo digno de político que sabe articular. Além de visitas a Câmara e Senado Federal, STF e TSE, não esqueceu de dar uma passadinha no Catetinho, onde tudo começou.


No responses yet

set 27 2017

4ª EDIÇÃO DO CAFÉ CULTURAL.

Published by under Jornalismo

CAFECULTURAL

4ª EDIÇÃO DO CAFÉ CULTURAL.

Com entrada franca, a 4ª Edição do Café Cultural inova mais uma vez e reúne 48 talentosos artistas da região. A festa multicultural acontecerá no dia 4 de outubro, das 18h às 22h, na Cafeteria Piazza Navona, em São Pedro da Aldeia (Loja Havan). A “festa multifacetada” é comandada pela jornalista e comunicadora Iva Maria.


No responses yet

set 27 2017

CLARA – Casimiro de Abreu

Published by under Jornalismo

CRO_E_POE_VERMELHO

casimiro-de-abreu-l

CLARA

Casimiro de Abreu

Não sabes, Clara, que pena
eu teria se — morena
tu fosses em vez de clara!
Talvez… quem sabe… não digo…
mas refletindo comigo
talvez nem tanto te amara!

A tua cor é mimosa,
brilha mais da face a rosa
tem mais graça a boca breve.
O teu sorriso é delírio…
És alva da cor do lírio,
és clara da cor da neve!

A morena é predileta,
mas a clara é do poeta:
assim se pintam arcanjos.
Qualquer, encantos encerra,
mas a morena é da terra
enquanto a clara é dos anjos!

Mulher morena é ardente:
prende o amante demente
nos fios do seu cabelo;
— A clara é sempre mais fria,
mas dá-me licença um dia
que eu vou arder no teu gelo!

A cor morena é bonita,
mas nada, nada te imita
nem mesmo sequer de leve.
— O teu sorriso é delírio…
És alva da cor do lírio,
és clara da cor da neve!


No responses yet

set 26 2017

NOTA DE ESCLARECIMENTO.

Published by under Jornalismo

NOTA

O Jornal do Totonho pede desculpas aos seus leitores, mas devido a problemas de ordem técnica, não foi possível fazê-lo completo nesta terça-feira, 26.

Obrigado.

 


No responses yet

set 26 2017

EM NOME DE JESUS?

Published by under Jornalismo

CHARGE-4


No responses yet

set 26 2017

LEVANTANDO VOO – Antônio Ângelo Trindade Marques.

Published by under Jornalismo

GALA-1


No responses yet

set 26 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO.

Published by under Jornalismo

Cartoon man typing at computer royalty free vector clipart from CoolClips.com

Sem grandes mudanças.

A renúncia de Laura Barreto a secretaria municipal de educação não significa necessariamente recuo do presidente da câmara Aquiles Barreto. O possível novo secretário Alessandro Teixeira está na esfera de influência política de Aquiles Barreto e dificilmente mudará os eixos da administração da ex-secretária. Mesmo na coordenadoria Laura Barreto continuará traçando as linhas políticas da secretaria.

É preciso cara de pau para reclamar.

A Praça da Cidadania, de tantas confusões, tem 211 boxes ocupados por permissionários, que possuem um mercado cativo, dentro de um espaço público, na área mais nobre da cidade, a Praia do Forte. E ainda reclamam.

Será possível?

O governo tem que executar, mas é preciso coragem, uma criteriosa pesquisa para conhecer a Praça da Cidadania em todos os seus aspectos. Afinal, existem vereadores como permissionários de boxes? Se existem, quem são eles?

Outras opções.

O grupo político do vereador Adriano Moreno (REDE), que diz não ser político, anda conversando com muita gente em Cabo Frio e outras cidades da Região dos Lagos. De alguma forma o ex-vereador se prepara para a candidatura a prefeito, mas se essa não acontecer prepara outras opções eleitorais.

Janio: direitos humanos.

Enquanto isso o deputado Janio Mendes (PDT) penetra na área esportiva, principalmente no Rio de Janeiro, com a Lei de sua autoria, que pune manifestações racistas no esporte. A Lei foi muito bem recebida por diferentes grupos ligados à defesa dos direitos humanos.

Oposição? Nem tanto!

As últimas posições e votações de Silas Bento (PSDB), na Assembleia Legislativa, mostram que arrefeceu o seu espírito oposicionista. A tendência do deputado é se voltar para a Região dos Lagos para a disputa com o pastor Samuel Gonçalves, da Assembleia de Deus.

Candidatura?

As “paredes murmurantes” da câmara de vereadores de Cabo Frio estão preocupadas com a manutenção da candidatura do vereador Luis Geraldo (PRB) a deputado federal. Algumas cabeças coroadas da prefeitura garantem que ele desistiu da ideia, mas o vereador garante que não abre mão da candidatura.

O “grande irmão”

O “grande irmão” anda muito sossegado, mas continua arisco: segundo consta, não perde nem aniversário de criança. Ao contrário da eleição passada está trabalhando com mais discrição e segundo se sabe não pretende abrir mão da candidatura.

Casas Bahia

A Praia do Forte está se transformando em filial das famosas Casas Bahia, vendedora conhecida de aparelhos eletroeletrônicos. Como se não bastasse à infinidade de ambulantes, agora apareceram, em plena praia, vendedores daqueles bujõesinhos, tocando funk, no último decibel.

O que será?

Atento leitor do Jornal do Totonho passeava na orla da Praia do Forte na noite de ontem, segunda-feira, quando viu cerca de seis “verdinhos” entrando em grupo, na praia em meio aquelas pequenas dunas perto dos quiosques. O que terá acontecido?


2 responses so far

set 25 2017

QUESTÃO DE FOCO.

Published by under Jornalismo

CHARGE-3


No responses yet

set 25 2017

NOTÍCIA & OPINIÃO.

Published by under Jornalismo

Cartoon man typing at computer royalty free vector clipart from CoolClips.com

As Invasões – 1.

Autoridades da área ambiental dão retorno às cobranças feitas aqui no Jornal do Totonho pelos leitores e afirmam que áreas com proteção ambiental por serem reduzidas estão monitoradas e as invadidas estão na justiça, ferramentas conquistadas pelo movimento ambiental há alguns anos.

As Invasões – 2.

Segundo autoridades ambientais o ministério público é um parceiro muito importante, mas o mesmo não se pode dizer da população, que não cobra e não se mobiliza quando os invasores representam o grande capital e elevados interesses de poder. Exemplo: a defesa da área de dunas do Peró contra a construção do Mediterranée, que contou com pequeno público em defesa de tão relevante área ambiental.

As Invasões – 3.

Segundo o mesmo texto, a modalidade de invasão passou há muito para áreas públicas, praças e outras. A última grande invasão ocorreu há um mês em área de proteção foi no Sabiá em Arraial do Cabo. O modelo do desmonte é usado em toda Região. Com a Polícia Ambiental aqui tem sido muito mais fácil o combate há estas invasões, o que tem sido feito. Quem sabe de alguma invasão tipo, que cumpra o papel de cidadão e denuncie.

JT – As autoridades ambientais, municipais, estaduais e até federais, poderiam acrescentar ao trabalho a intensa divulgação dos endereços, e-mails e telefones para as denúncias dos cidadãos.

Quem vai comer do pirão?

O governo Marquinhos Mendes (PMDB) acostumado ao repeteco pode repetir a concessão da licença para o imenso loteamento (1.044 unidades) travestido de Club Mediterranée. Como se sabe o prefeito disse em seu primeiro discurso ao tomar posse a célebre frase: “farinha pouca meu pirão primeiro”. Quem vai comer do pirão?

Quem vai botar a cara?

Entre tantas questões despertadas pelo meio ambiente e cultura resta saber quem vai colocar a cara na reta se o governo de Marquinhos Mendes (PMDB) mais uma vez liberar o Mediterranée nas dunas do Peró. Não vale prometer 10 mil empregos mais uma vez. Quem sabe os sindicatos se aliam aos ambientalistas em defesa da cidade?

Sem preocupação.

JANIO_SORRINDO   ADRIANO_MORENO_4

Os grupos políticos de Janio Mendes (PDT) e Adriano Moreno (REDE) continuam conversando. Aguardam os julgamentos do STF e do TSE, que vão decidir o destino político do governo Marquinhos Mendes (PMDB). O “imperador” diz, que continua sem qualquer preocupação. Será?

Qual a diferença?

A mídia informa que os governistas viraram o jogo nas eleições antecipadas para presidente da câmara e mais uma vez são maioria. É preciso então perguntar: qual a diferença, para o povo, de ter Aquiles Barreto (SD), Ricardo Martins (SD) e Jefferson Vidal (PSC), na presidência do legislativo municipal?

Falta do que fazer.

A mídia também informa sobre o “baixo clero”. Quais os critérios utilizados para dizer quem é do “baixo” e quem está no “alto”? Olhando com mais cuidado para tão formosos vereadores poderia ser perguntado, quem por ali está no alto? Que tal uma consulta ou mesmo enquete sobre tão relevante assunto?

Os Caminhos do Corpo.

PAULO_COTIAS_4

O professor Paulo Cotias está utilizando o Projeto Caminhos da História para manter “dolosamente” o projeto pessoal de emagrecimento. Em cada subida ao Morro da Guia o entusiasmado professor perde 3 kg. Convidado a participar da jornada, o editor do Jornal do Totonho declinou do convite.


2 responses so far

« Prev - Next »