abr 16 2018

ÚNICA PAIXÃO! Esmera Salazar

Published by at 5:07 under Jornalismo

CRÔNICA E POESIA VERDE ÁGUA

POESIA

Ideias fortes de esquerda atribuídas

Há muito que tenta as passar

Mensagem nunca escutada, eleições perdidas.

Restando somente se lamentar.

 

Após insistir, persistir e nunca desistir

Muito falar, discursar e poucos escutarem

Se remeteu ao anonimato e a sorrir

Levou os amigos com ele a sonharem.

 

Viajávamos juntos com suas descrições

De noites perdidas em seu duplo amor

As histórias do tênis despertam paixões

E sua companheira partilhando o horror.

 

Horror com certeza palavra pesada

Pois ela só tinha que o dividir

O que nunca pensou e a deixou irada

Que a rival fosse homem e ela tivesse que anuir.

 

Não satisfeito com a traição cometida

Ainda no corpo deixou marcada

O toque de tatuagem abriu mais a ferida

Que dilacerava o coração da mulher apaixonada.

 

Agora ela a paixão dividida

Aguarda que ele repare tão injusta situação

Na pele escreva pois não tem saída

Érica teu verdadeiro amor, única paixão.

* Esmera Salazar.

 


No responses yet

Comments RSS

Deixe uma resposta